March 22, 2017 / 10:28 PM / 2 years ago

Exclusão de servidores estaduais busca evitar judicialização da reforma da Previdência, diz Meirelles

BRASÍLIA (Reuters) - O ministro da Fazenda, Henrique Meirelles, justificou nesta quarta-feira que, ao excluir os servidores estaduais e municipais da reforma da Previdência, o governo federal foca o seu “trabalho e esforço no Orçamento federal” e busca evitar uma possível judicialização da reforma da Previdência no futuro.

“Foi uma decisão do governo de não arriscar uma judicialização do processo na medida em que pode-se passar a questionar toda a reforma da Previdência em função de abranger os servidores estaduais”, afirmou Meirelles.

Na terça-feira, o presidente Michel Temer anunciou que somente os servidores públicos federais serão atingidos pelas mudanças previstas na reforma da Previdência, deixando de fora servidores estaduais e de municípios, na tentativa de facilitar a tramitação da reforma no Congresso.

Reportagem de Marcela Ayres

0 : 0
  • narrow-browser-and-phone
  • medium-browser-and-portrait-tablet
  • landscape-tablet
  • medium-wide-browser
  • wide-browser-and-larger
  • medium-browser-and-landscape-tablet
  • medium-wide-browser-and-larger
  • above-phone
  • portrait-tablet-and-above
  • above-portrait-tablet
  • landscape-tablet-and-above
  • landscape-tablet-and-medium-wide-browser
  • portrait-tablet-and-below
  • landscape-tablet-and-below