July 14, 2017 / 3:32 PM / a year ago

Dólar cai com exterior e vai a abaixo de R$3,20

SÃO PAULO (Reuters) - O dólar operava em baixa nesta sexta-feira e abaixo dos 3,20 reais, após dados fracos sobre a economia norte-americana enfraquecerem as apostas de mais um aperto monetário nos Estados Unidos neste ano e em meio a um ambiente mais tranquilo na cena política local.

Foto ilustrativa de notas de real e de dólar dos Estados Unidos 10/09/2015 REUTERS/Ricardo Moraes

Às 12:29, o dólar recuava 0,64 por cento, a 3,1878 reais na venda, depois de marcar a mínima de 3,1861 reais, menor valor intradia desde os 3,0955 reais de 17 de maio. O dólar futuro tinha queda de 0,75 por cento.

“O Fed já tinha um tom mais brando nos últimos dias e os números de hoje dão força para a autoridade monetária ter uma política menos agressiva (de juros) mais à frente”, avaliou o analista econômico da gestora Rio Gestão, Bernard Gonin.

Em depoimento no Congresso norte-americano nesta semana, a chair do Federal Reserve, banco central dos Estados Unidos, Janet Yellen, disse que o país está saudável o suficiente para absorver futuras altas graduais de juros e lenta redução da carteira de títulos. Ela ponderou, no entanto, que dadas as estimativas atuais, os juros não teriam que subir muito mais.

No exterior, o dólar ampliou a queda antes uma cesta de moedas após os dados de varejo e inflação mais fracos que as previsões, e caía ante divisas de emergentes, como os pesos mexicanos e chileno.

“O cenário externo contribuiu bastante para o movimento do real este mês. Somado ao vento mais benigno interno, há espaço para o dólar ficar abaixo de 3,20 reais”, acrescentou Gonin.

Na última semana, o governo conseguiu importantes vitórias, entre elas a aprovação da reforma trabalhista por placar folgado no plenário do Senado.

Na véspera, também garantiu que a Comissão de Constituição e Justiça (CCJ) da Câmara rejeitasse o parecer do deputado Sergio Zveiter (PMDB-RJ) que recomendava a autorização para o Supremo Tribunal Federal (STF) julgar a denúncia contra o presidente Michel Temer por corrupção passiva.

O Banco Central brasileiro vendeu integralmente a oferta de até 8,3 mil swaps cambiais tradicionais —equivalente à venda futura de dólares— para rolagem dos contratos que vencem em agosto. Com isso, já rolou 2,075 bilhões de dólares do total de 6,181 bilhões de dólares que vence no mês que vem.

0 : 0
  • narrow-browser-and-phone
  • medium-browser-and-portrait-tablet
  • landscape-tablet
  • medium-wide-browser
  • wide-browser-and-larger
  • medium-browser-and-landscape-tablet
  • medium-wide-browser-and-larger
  • above-phone
  • portrait-tablet-and-above
  • above-portrait-tablet
  • landscape-tablet-and-above
  • landscape-tablet-and-medium-wide-browser
  • portrait-tablet-and-below
  • landscape-tablet-and-below