August 6, 2017 / 8:22 PM / 9 months ago

Itamaraty condena destituição de procuradora-geral da Venezuela

BRASÍLIA (Reuters) - O Itamaraty condenou no domingo a decisão do governo da Venezuela de destituir a procuradora-geral do país, Luisa Ortega e classificou a medida como “arbitrária e ilegal”.

“A medida compromete a independência do Ministério Público e a preservação das garantias e liberdades fundamentais, confirmando a instauração de um estado de exceção na Venezuela”, diz o Ministério das Relações Exteriores, em nota.

No sábado, o ministro das Relações Exteriores, Aloysio Nunes, já havia criticado a destituição da Ortega durante coletiva para anunciar suspensão da Venezuela do Mercosul.

Reportagem de Leonardo Goy

0 : 0
  • narrow-browser-and-phone
  • medium-browser-and-portrait-tablet
  • landscape-tablet
  • medium-wide-browser
  • wide-browser-and-larger
  • medium-browser-and-landscape-tablet
  • medium-wide-browser-and-larger
  • above-phone
  • portrait-tablet-and-above
  • above-portrait-tablet
  • landscape-tablet-and-above
  • landscape-tablet-and-medium-wide-browser
  • portrait-tablet-and-below
  • landscape-tablet-and-below