October 26, 2017 / 12:23 AM / a year ago

REPERCUSSÃO-Câmara rejeita segunda denúncia contra Temer

BRASÍLIA (Reuters) - A Câmara dos Deputados aprovou nesta quarta-feira o parecer do deputado Bonifácio de Andrada (PSDB-MG) contrário à autorização para que o Supremo Tribunal Federal (STF) julgue a denúncia apresentada pela Procuradoria-Geral da República contra o presidente Michel Temer por obstrução de Justiça e organização criminosa.

Essa é a segunda vez que a Câmara derruba uma denúncia apresentada pela PGR contra Temer, após votação contrária à primeira acusação, em agosto, por corrupção passiva. A votação teve 251 votos favoráveis a Temer, ante 233 contrários.

Além do presidente, a denúncia analisada pelos deputados nesta quarta-feita também incluía os ministros da Casa Civil, Eliseu Padilha, e da Secretaria-Geral da Presidência, Moreira Franco.

Veja abaixo comentários sobre a decisão da Câmara:

DEPUTADO CARLOS MARUN (PMDB-MS), VICE-LÍDER DO PMDB NA CÂMARA

“Nós enfrentamos um grande conjunto de forças que se uniu e reuniu para depor o presidente da República. Todos eles estão sendo derrotados mais uma vez. Quem vence uma batalha como essa por si só é forte. O presidente Temer mostrou uma força maior do que muitos previam.”

DEPUTADO JOSÉ GUIMARÃES (PT-CE), LÍDER DA OPOSIÇÃO NA CÂMARA

“Foi uma vitória do ponto de vista matemático, mas do ponto de vista político o governo sai derrotado. O pacote geral para o governo é 33,9 bilhões de reais, o custo é enorme. Qual é o Brasil que amanhece amanhã? O Brasil triste.”

NOTA DO PMDB NACIONAL

“Agora é o momento de focar em avanços e trabalhar ainda mais. Melhorar a vida dos brasileiros e acelerar a retomada econômica exigirá um esforço conjunto do Congresso e do presidente Michel Temer, que vem demonstrando coragem e firmeza jamais vistos em situações tão adversas. O PMDB reforça seu compromisso com o país e trabalha para o fortalecimento constante das nossas instituições democráticas.”

DEPUTADO ALESSANDRO MOLON (REDE-RJ)

“Um governo que gasta bilhões em emendas, negocia legislação, comercializa o meio ambiente e ainda procura acabar com o combate ao trabalho escravo para tentar comprar votos, mas não consegue nem a maioria absoluta dos votos no plenário, mostra que o que estamos vendo é um governo moribundo à espera do fim do mandato. O governo já acabou.”

Por Ricardo Brito

0 : 0
  • narrow-browser-and-phone
  • medium-browser-and-portrait-tablet
  • landscape-tablet
  • medium-wide-browser
  • wide-browser-and-larger
  • medium-browser-and-landscape-tablet
  • medium-wide-browser-and-larger
  • above-phone
  • portrait-tablet-and-above
  • above-portrait-tablet
  • landscape-tablet-and-above
  • landscape-tablet-and-medium-wide-browser
  • portrait-tablet-and-below
  • landscape-tablet-and-below