November 13, 2017 / 2:35 PM / in 8 months

Temer afirma que há "unidade absoluta" no ministério

RIO DE JANEIRO (Reuters) - O presidente Michel Temer afirmou nesta segunda-feira que há uma “unidade absoluta” em seu ministério, dias após ter reconhecido que será “inevitável” fazer uma reforma ministerial.

Presidente Michel Temer durante evento da Reuters em Manhattan, nos Estados Unidos 20/09/2017 REUTERS/Darren Ornitz

“Quando vejo o nosso ministério, não há uma desintegração sequer no nosso ministério. Há uma unidade absoluta”, disse o presidente durante discurso em evento para anunciar ações sociais no Rio de Janeiro, com a presença de diversos ministros.

Partidos da base aliada, principalmente do centrão, têm cobrado que Temer retire dos cargos ministros do PSDB, partido que não deu apoio maciço a ele na votação das denúncias, mas ocupa pastas importantes, como Cidades e Secretaria de Governo.

Na semana passada, o presidente afirmou que a reforma será “inevitável”, mas que saberá o “momento certo” de fazê-la. [nL1N1NF2TI]

Reportagem de Rodrigo Viga Gaier

0 : 0
  • narrow-browser-and-phone
  • medium-browser-and-portrait-tablet
  • landscape-tablet
  • medium-wide-browser
  • wide-browser-and-larger
  • medium-browser-and-landscape-tablet
  • medium-wide-browser-and-larger
  • above-phone
  • portrait-tablet-and-above
  • above-portrait-tablet
  • landscape-tablet-and-above
  • landscape-tablet-and-medium-wide-browser
  • portrait-tablet-and-below
  • landscape-tablet-and-below