December 14, 2017 / 12:15 PM / a year ago

Temer permanecerá internado em SP até sexta-feira, diz Presidência

Presidente Michel Temer no Palácio do Planalto, em Brasília 12/12/2017 REUTERS/Adriano Machado

SÃO PAULO (Reuters) - O presidente Michel Temer permanecerá internado no Hospital Sírio-Libanês, em São Paulo, até sexta-feira, após passar por um procedimento cirúrgico na quarta-feira por conta de problemas urinários, informou a Secretaria de Comunicação da Presidência da República em nota nesta quinta-feira.

De acordo com a Presidência, a equipe médica que acompanha Temer, de 77 anos, avaliou que o presidente teve uma “boa recuperação” do procedimento ao qual se submeteu na véspera. “Ele permanecerá até amanhã para completar a recuperação”, disse a Presidência.

Inicialmente havia a previsão de que Temer voltasse para Brasília nesta quinta-feira e, após o anúncio de que ele permanecerá internado até sexta, a agenda prevista para o dia foi cancelada, incluindo a posse do deputado federal Carlos Marun (PMDB-MS) como ministro da Secretaria de Governo, que foi adiada e pode ocorrer na sexta-feira.

A internação de Temer por um período superior ao esperado incialmente pode afetar as conversas para definir a data de votação da reforma da Previdência na Câmara dos Deputados, já que o presidente da Casa, Rodrigo Maia (DEM-RJ), afirmou na véspera que conversaria com o presidente nesta quinta-feira para decidir se a matéria será votada na próxima semana ou somente em 2018.

Para aprovar a Proposta de Emenda à Constituição (PEC) da reforma da Previdência são necessários os votos de ao menos 308 dos 513 deputados em dois turnos de votações. Maia tem insistido que só pautará a proposta quando tiver certeza de que existem os votos necessários para aprová-la.

Temer já havia enfrentado problemas urológicos em outubro, quando foi levado a um hospital de Brasília por conta de uma obstrução urinária. Dias depois, o presidente passou por uma cirurgia na próstata em São Paulo.

Temer passou na segunda-feira por exames no posto médico do Palácio do Planalto que, de acordo com a Presidência, foram “de rotina”. Na ocasião, a informação divulgada foi de que o quadro de saúde do presidente era normal.

Temer também foi internado no final de novembro no Sírio-Libanês para ser submetido a um procedimento para desobstrução de artérias.

Por Eduardo Simões

0 : 0
  • narrow-browser-and-phone
  • medium-browser-and-portrait-tablet
  • landscape-tablet
  • medium-wide-browser
  • wide-browser-and-larger
  • medium-browser-and-landscape-tablet
  • medium-wide-browser-and-larger
  • above-phone
  • portrait-tablet-and-above
  • above-portrait-tablet
  • landscape-tablet-and-above
  • landscape-tablet-and-medium-wide-browser
  • portrait-tablet-and-below
  • landscape-tablet-and-below