January 4, 2018 / 10:06 AM / 10 months ago

Planalto pode apoiar candidatura de Alckmin, diz Marun ao Estadão

Ministro da Secretaria de Governo, Carlos Marun. durante coletiva de imprensa no Palácio da Alvorada em Brasília, no Brasil 17/04/2017 REUTERS/Ueslei Marcelino

(Reuters) - O ministro da Secretaria de Governo, Carlos Marun, deixou aberta, em entrevista ao jornal Estado de S. Paulo desta quinta-feira, a possibilidade do Palácio do Planalto apoiar a uma candidatura do governador de São Paulo, Geraldo Alckmin (PSDB), à Presidência, citando o apoio do tucano à reforma da Previdência como um fator decisivo.

Segundo o ministro, o governo só vai começar a discutir nomes para a eleição presidencial após a aprovação no Congresso da reforma previdenciária, que tem votação na Câmara dos Deputados prevista para fevereiro.

“A posição que o governador (Alckmin) está tomando em relação à reforma da Previdência tem como consequência uma retomada de aproximação”, disse Marun ao Estadão.

“Vejo agora essa posição firme em defesa da reforma como um fator que abre espaço para a reaproximação, e, sem dúvida, ele é uma das candidaturas que podem representar esse projeto do governo”, acrescentou.

Questionado se o governo tem votos suficientes para aprovar a reforma da Previdência, Marun reiterou que o ambiente está “muito mais favorável”.

0 : 0
  • narrow-browser-and-phone
  • medium-browser-and-portrait-tablet
  • landscape-tablet
  • medium-wide-browser
  • wide-browser-and-larger
  • medium-browser-and-landscape-tablet
  • medium-wide-browser-and-larger
  • above-phone
  • portrait-tablet-and-above
  • above-portrait-tablet
  • landscape-tablet-and-above
  • landscape-tablet-and-medium-wide-browser
  • portrait-tablet-and-below
  • landscape-tablet-and-below