December 12, 2018 / 9:20 PM / in 10 months

Governadores pedem a Moro repasse automático aos Estados de recursos de fundo penitenciário e de segurança pública

Governador eleito de São Paulo João Doria (PSDB), entre o presidente eleito Jair Bolsonaro (PSL) e o governador eleito do Rio de Janeiro Wilson Witzel (PSC) 14/11/2018 REUTERS/Adriano Machado

BRASÍLIA (Reuters) - Reunido em Brasília, o Fórum de Governadores propôs ao governo de Jair Bolsonaro ampliar os repasses automáticos do governo federal ao Fundo Penitenciário Nacional e Fundo Nacional de Segurança Pública e a construção de novos presídios federais, para permitir o isolamento de um maior número de presos ligados ao crime organizado.

Em uma carta entregue ao futuro ministro da Justiça e Segurança Pública, Sérgio Moro, os governadores eleitos de 23 Estados, somados a dois vice-governadores, prepararam seis reivindicações a serem tratadas com o governo a partir de janeiro do ano que vem.

“O sentimento é de uma ação conjunta e articulada sob liderança do governo federal nas fronteiras e no sistema prisional”, disse o governador eleito de São Paulo, João Doria (PSDB), depois de mais uma reunião com Moro.

Uma outra proposta apresentada pelos governadores é a da criação de um banco nacional de impressões digitais, interligado em todos os Estados, que permita identificar mais facilmente acusados de crimes.

Reportagem de Lisandra Paraguassu

0 : 0
  • narrow-browser-and-phone
  • medium-browser-and-portrait-tablet
  • landscape-tablet
  • medium-wide-browser
  • wide-browser-and-larger
  • medium-browser-and-landscape-tablet
  • medium-wide-browser-and-larger
  • above-phone
  • portrait-tablet-and-above
  • above-portrait-tablet
  • landscape-tablet-and-above
  • landscape-tablet-and-medium-wide-browser
  • portrait-tablet-and-below
  • landscape-tablet-and-below