October 22, 2019 / 6:26 PM / in a month

Assembleia do RJ decide por soltura de 5 deputados presos pela Lava Jato

Mulher observa policiais de guarda do lado de fora do prédio da Alerj, no centro do Rio de Janeiro 17/11/2017 REUTERS/Ricardo Moraes

RIO DE JANEIRO (Reuters) - Presos há quase um ano, cinco deputados estaduais do Rio de Janeiro que foram detidos na operação Furna da Onça, um desdobramento da Lava Jato, serão soltos por decisão tomada nesta terça-feira pela Assembleia Legislativa do Estado.

Dos 65 deputados presentes a uma votação realizada em plenário, 39 foram favoráveis à soltura dos parlamentares, 25 contrários e um parlamentar não votou. Dois deputados estavam ausente e três estão licenciados.

Os cinco parlamentares acusados de envolvimento no esquema investigado pela Lava Jato no Rio de Janeiro foram presos em novembro de 2018. Deles, quatro estão no sistema prisional e um está em prisão domiciliar.

A operação Furna da Onça descobriu um esquema de pagamento de mesada a parlamentares em troca da aprovação de projetos favoráveis ao grupo que abastecia o esquema de corrupção do ex- governador Sérgio Cabral, que está preso desde 2016 e já foi condenado em uma série de ações judiciais.

Apesar de receberem o direito de deixar a prisão, não há certeza de que os parlamentares soltos poderão atuar na atividade parlamentar, uma vez que o livro de posse dos parlamentares chegou a ser levado para a cadeia, mas a posse foi rejeitada pela Justiça.

Por Rodrigo Viga Gaier

0 : 0
  • narrow-browser-and-phone
  • medium-browser-and-portrait-tablet
  • landscape-tablet
  • medium-wide-browser
  • wide-browser-and-larger
  • medium-browser-and-landscape-tablet
  • medium-wide-browser-and-larger
  • above-phone
  • portrait-tablet-and-above
  • above-portrait-tablet
  • landscape-tablet-and-above
  • landscape-tablet-and-medium-wide-browser
  • portrait-tablet-and-below
  • landscape-tablet-and-below