November 1, 2019 / 6:33 PM / 21 days ago

Empresa dona de navio suspeito de derramamento diz que não foi contactada pelo Brasil

Manchas de óleo em areia de praia de Maragogi, em Alagoas 17/10/2019 REUTERS/Diego Nigro

ATENAS (Reuters) - A empresa Delta Tankers Ltd disse nesta sexta-feira que não foi contactada por autoridades brasileiras que investigam o derramamento do petróleo que atingiu praias na Região Nordeste do Brasil.

Investigadores disseram nesta sexta que um navio de bandeira grega carregado de petróleo venezuelano é suspeito de ser a fonte do óleo que tem aparecido em várias praias nordestinas desde o início de setembro.

Embora o Ministério Público Federal e a Polícia Federal não tenham divulgado o nome do navio, um documento obtido pela Reuters mostrou que o navio é o Bouboulina, de propriedade da Delta Tankers.

“Nem a Delta Tankers nem o navio foram contactados pelas autoridades brasileiras em relação à investigação”, disse a companhia em comunicado.

Reportagem de Renee Maltezou

0 : 0
  • narrow-browser-and-phone
  • medium-browser-and-portrait-tablet
  • landscape-tablet
  • medium-wide-browser
  • wide-browser-and-larger
  • medium-browser-and-landscape-tablet
  • medium-wide-browser-and-larger
  • above-phone
  • portrait-tablet-and-above
  • above-portrait-tablet
  • landscape-tablet-and-above
  • landscape-tablet-and-medium-wide-browser
  • portrait-tablet-and-below
  • landscape-tablet-and-below