for-phone-onlyfor-tablet-portrait-upfor-tablet-landscape-upfor-desktop-upfor-wide-desktop-up
Nacional

Possibilidade de greve de caminhoneiros é pequena, diz porta-voz da Presidência

Caminhoneiros protestam contra preço do diesel na rodovoa Régis Bittencourt, em São Paulo 25/05/2018 REUTERS/Leonardo Benassatto

BRASÍLIA (Reuters) - O governo do presidente Jair Bolsonaro acredita ser pequena a possibilidade de deflagração de uma greve dos caminhoneiros no país conforme o monitoramento da situação, afirmou nesta segunda-feira à noite o porta-voz da Presidência, general Otávio Rêgo Barros, em briefing à imprensa no Palácio do Planalto.

“Nós entendemos que é pequena essa possibilidade (de greve)”, disse ele. Nos últimos dias, principalmente em redes sociais, têm surgido informações sobre uma eventual greve da categoria que seria deflagrada em breve.

O porta-voz disse que o governo tem acompanhado a situação com o objetivo de se antecipar a problemas, ciente do quão impactante uma eventual paralisação da categoria pode ser para a paz social.

Barros afirmou que o ministro da Infraestrutura, Tarcísio Freitas, tem afirmado em diversas oportunidades que as portas do ministério estão abertas para o diálogo com a categoria e que o presidente também tem apreço pela classe. Destacou que essa é a melhor forma de resolver a questão.

Reportagem de Ricardo Brito

for-phone-onlyfor-tablet-portrait-upfor-tablet-landscape-upfor-desktop-upfor-wide-desktop-up