for-phone-onlyfor-tablet-portrait-upfor-tablet-landscape-upfor-desktop-upfor-wide-desktop-up
Nacional

Maia diz que Congresso não vai fechar devido à epidemia do coronavírus

Plenário da Câmara dos Deputados 09/07/2019 REUTERS/Adriano Machado

BRASÍLIA (Reuters) - O presidente da Câmara, Rodrigo Maia (DEM-RJ), garantiu que o Congresso não vai fechar por conta da epidemia de coronavírus e afirmou que a Câmara está preparando um instrumento que vai garantir a participação de todos deputados nas votações.

“O Congresso brasileiro fechou só na ditadura, não vai fechar não”, disse Maia em entrevista coletiva.

“A Secretaria-Geral está organizando com a assessoria de tecnologia para que possamos ter um instrumento que garanta a participação de todos os deputados nos processos de votação, aquelas matérias preferencialmente ligadas aos impactos do coronavírus”, acrescentou o presidente da Câmara.

Segundo ele, em Brasília estará garantida a presença permanente de “uma base de líderes na Mesa-Diretora”, de modo que esses deputados “possam coordenar os trabalhos e garantir a discussão das matérias e que elas possam, quando prontas, irem a voto, e que possamos ter maior celeridade em sua votação”.

Reportagem de Gabriel Ponte

for-phone-onlyfor-tablet-portrait-upfor-tablet-landscape-upfor-desktop-upfor-wide-desktop-up