March 20, 2020 / 1:56 PM / 5 months ago

Bolsonaro pode fazer novo teste para coronavírus; comitiva que viajou aos EUA tem 20 contaminados

BRASÍLIA (Reuters) - O presidente Jair Bolsonaro informou nesta sexta-feira que mais quatro de seus auxiliares próximos tiveram teste positivo para coronavírus, elevando a 20 o número de pessoas contaminadas que fizeram parte da comitiva presidencial em viagem a Miami.

Presidente Jair Bolsonaro coloca máscara durante entrevista coletiva sobre coronavírus no Palácio do Planalto 18/03/2020 REUTERS/Adriano Machado

Bolsonaro confirmou que tiveram resultado positivo o assessor internacional Filipe Martins, o chefe do cerimonial da Presidência, Carlos Alberto França, o chefe da ajudância de ordens, Major Cid, e o diretor do Departamento de Segurança Presidencial, Coronel Suarez.

Com essas novas confirmações, chegou a 20 o número de membros da comitiva presidencial com teste positivo para Covid-19. Outras quatro pessoas que participaram de eventos presidenciais em Miami sem fazerem parte da comitiva também estão com o vírus.

Em entrevista na frente do Palácio da Alvorada, na manhã desta sexta-feira, Bolsonaro confirmou que está bem de saúde e continuará indo ao Palácio do Planalto. “Eu fiz dois testes. Talvez faça mais um, porque eu tenho contato com muita gente”, disse.

IMPEACHMENT

O presidente comentou pela primeira vez os pedidos de impeachment que têm surgido contra ele. Dois já foram apresentados à Câmara dos Deputados, um deles do deputado Alexandre Frota (PSDB-SP), um ex-aliado.

“Alguns acham que tem que ter um impeachment. Impeachment para quê? Vai manter os ministros ou vai por ministros como era antigamente?”, disse. “Temos que superar isso aí, disputa política, me acusar de tudo que acontece. O que cabe a mim eu estou fazendo com meus ministros.”

Bolsonaro também voltou a dizer que a situação do coronavírus é grave, mas que o pânico vai piorar a situação no país, e reclamou de medidas sendo tomadas por governadores, especialmente o do Rio de Janeiro, Wilson Witzel.

“Tem certos governadores que estão tomando medidas extremas que não competem a eles, como fechar aeroportos, fechar rodovias, shoppings, feiras. Sem comércio o pessoal não tem o que comer. O remédio tem que ser proporcional, se não mata”, disse.

“A economia está parando, vão querer jogar a responsabilidade em mim. No meu entender estão tomando medidas exageradas”, acrescentou.

Nos últimos dias, Witzel e os governadores do Distrito Federal, Ibaneis Rocha, e de Goiás, Ronaldo Caiado, tomaram as medidas mais duras para tentar reduzir a disseminação do vírus.

No DF, todo o comércio foi fechado até 5 de abril, com exceção de supermercados, farmácias, laboratórios e postos de combustíveis. Em Goiás, também todo o comércio não essencial foi fechado por 15 dias.

No Rio de Janeiro, além de determinar o fechamento do comércio e proibir o acesso a praias, Witzel editou um decreto suspendendo viagens aéreas, terrestres e aquaviárias com origem em locais com circulação confirmada do coronavírus ou situação de emergência decretada. A decisão, no entanto, depende da anuência das agências reguladoras.

“Eu vi ontem um decreto de um governador do Rio que confesso que fiquei preocupado. Parece que o Rio de Janeiro é um outro país. Não é outro país. Você tem uma federação”, reclamou Bolsonaro.

O presidente comentou ainda o fato de a portaria sobre restrição de viagens aéreas no país, editada na noite de quinta, não ter incluído os Estados Unidos e ter colocado países com a epidemia em declínio, como a China, ou com número de casos muito inferiores ao dos EUA, como Japão e Austrália.

“Os EUA estão em uma situação semelhante à nossa. Não é privilegiar esse ou aquele país. Não há no meu entender esse aumento que está sendo falado por aí”, disse.

Os EUA passaram de 13 mil casos confirmados de coronavírus, de acordo com dados das autoridades de saúde norte-americanas. O Brasil tem 428 casos confirmados, apesar de ter outros 11,3 mil em investigação.

0 : 0
  • narrow-browser-and-phone
  • medium-browser-and-portrait-tablet
  • landscape-tablet
  • medium-wide-browser
  • wide-browser-and-larger
  • medium-browser-and-landscape-tablet
  • medium-wide-browser-and-larger
  • above-phone
  • portrait-tablet-and-above
  • above-portrait-tablet
  • landscape-tablet-and-above
  • landscape-tablet-and-medium-wide-browser
  • portrait-tablet-and-below
  • landscape-tablet-and-below