for-phone-onlyfor-tablet-portrait-upfor-tablet-landscape-upfor-desktop-upfor-wide-desktop-up
Nacional

Brasil fecha fronteiras aéreas para estrangeiros de todas as nacionalidades

Medida de controle ao coronavírus no desembarque do aeroporto internacional do Galeão, no Rio de Janeiro 25/03/2020 REUTERS/Ricardo Moraes

(Reuters) - Em meio ao avanço da pandemia do novo coronavírus no país, o governo brasileiro decidiu restringir, a partir de segunda-feira e por 30 dias, a entrada de estrangeiros de todas as nacionalidades no Brasil, segundo nova portaria publicada em edição extra do Diário Oficial da União.

Até o edição da nova medida, os Estados Unidos --onde o novo coronavírus tem se alastrado com mais força-- estava fora da restrição. A medida prevê que não haverá nenhuma restrição ao transporte de cargas.

O governo federal já havia proibido, na semana passada, a entrada de estrangeiros de países com maior risco de contágio, mas resolveu ampliar o fechamento aéreo para todas as nacionalidades.

“Como houve uma disseminação do coronavírus por vários outros países, nós entendemos por bem tomar essa iniciativa”, disse o ministro da Justiça e Segurança Pública, Sergio Moro, segundo nota distribuída pela sua pasta.

A portaria contém exceções e a restrição não vale para brasileiros, imigrantes que moram no Brasil, estrangeiros em missão de organismos internacionais e parentes diretos de brasileiros.

Reportagem de Ricardo Brito

for-phone-onlyfor-tablet-portrait-upfor-tablet-landscape-upfor-desktop-upfor-wide-desktop-up