for-phone-onlyfor-tablet-portrait-upfor-tablet-landscape-upfor-desktop-upfor-wide-desktop-up
Nacional

Toffoli defende isolamento para evitar avanço do coronavírus

Presidente do STF, Dias Toffoli 18/03/020 REUTERS/Adriano Machado

BRASÍLIA (Reuters) - O presidente do Supremo Tribunal Federal (STF), Dias Toffoli, defendeu nesta segunda-feira ser pessoalmente a favor do isolamento das pessoas para evitar um forte aumento nos casos do novo coronavírus no país, em conversa por meio de redes sociais com o presidente da Ordem dos Advogados do Brasil (OAB), Felipe Santa Cruz.

“Tudo o que tem ocorrido no mundo leva a crer que a necessidade do isolamento, realmente, é para puxar a diminuição de uma curva e ter atendimento de saúde para população em geral”, disse.

“Momento de solidariedade, onde não dá para tomar decisões em cima do ‘eu acho’, do que ‘eu penso’, do que ‘eu queira que fosse’, senão, a realidade se volta contra nós”, acrescentou o ministro, conforme declarações publicadas no site da OAB.

Na conversa, segundo o site, Santa Cruz fez um apelo a Toffoli para priorizar mandados de pagamento que garantam a subsistência mínima das famílias. “Na minha visão, é o momento de liberar os saques de depósitos recursais, os precatórios, tudo o que está represado. O mundo vem abraçando a ideia da liquidez”, disse.

“Estamos isolados, mas não podemos nos sentir sozinhos, ilhados. É uma mudança de patamar cultural que mexe, obviamente, com situações arraigadas em nós, com as dificuldades de transformação de muitos”, completou.

Por Ricardo Brito

for-phone-onlyfor-tablet-portrait-upfor-tablet-landscape-upfor-desktop-upfor-wide-desktop-up