for-phone-onlyfor-tablet-portrait-upfor-tablet-landscape-upfor-desktop-upfor-wide-desktop-up
Nacional

Mortos por coronavírus no Brasil sobem para 240; país tem mais 1.119 casos confirmados

Trabalhadores desinfectam hospital em Brasília (DF) durante pandemia de coronavírus 31/03/2020 REUTERS/Ueslei Marcelino

RIO DE JANEIRO/SÃO PAULO (Reuters) - O Brasil registrou mais 39 mortes pelo novo coronavírus nesta quarta-feira, totalizando 240 desde o início da epidemia no país, informou o Ministério da Saúde, que notificou também um aumento diário de 1.119 casos confirmados da doença, levando o total para 6.836.

O número de casos novos representa uma redução em relação à véspera, quando foram notificados 1.138 -- o maior total em um dia desde o início da contagem do ministério, em 26 de fevereiro.

Quanto ao número diário de mortes, os 39 desta quarta-feira representam uma queda em relação aos 42 óbitos reportados na véspera, de acordo com dados da plataforma online do ministério.

Ainda assim, o ministro da Saúde, Luiz Henrique Mandetta, ponderou em entrevista a jornalistas nesta quarta-feira que o número de casos confirmados de Covid-19 no Brasil é muito menor do que o que circula na sociedade, por causa de um atraso nos testes.

Segundo ele, deve haver uma alta expressiva na contagem nos próximos dias, diante do aumento da capacidade de testagem do país.

De acordo com a contagem atual do ministério, São Paulo segue como o Estado com o maior número de casos, com 2.981, avanço de 27,5% na comparação diária. São 164 mortes em decorrência do Covid-19 no Estado, alta de 20,5% em relação às 136 da véspera.

Na sequência vem o Rio de Janeiro, com 832 casos e 28 mortos.

A taxa de letalidade do coronavírus no Brasil segue em 3,5%, segundo o Ministério da Saúde. Já foram registradas mortes pela doença em 18 Estados e no Distrito Federal.

Com reportagem adicional de Ricardo Brito, em Brasília

for-phone-onlyfor-tablet-portrait-upfor-tablet-landscape-upfor-desktop-upfor-wide-desktop-up