April 16, 2020 / 6:09 PM / 4 months ago

Maia avalia que trocar projeto de auxílio a Estados por um do Senado cria impasse

Presidente da Câmara, Rodrigo Maia 11/03/2020 REUTERS/Adriano Machado

BRASÍLIA (Reuters) - O presidente da Câmara, Rodrigo Maia (DEM-RJ), afirmou nesta quinta-feira que não é necessário substituir o projeto de auxílio a Estados e municípios produzido pelos deputados por um de autoria do Senado, alegando que a troca cria um impasse entre as duas Casas.

Para o deputado, o governo atua em uma disputa com governadores, razão pela qual interferiu na tramitação da proposta da Câmara. Aprovado no início da semana, o projeto se encontra do Senado, mas foi apensado a um outro projeto, de autoria do senador Antonio Anastasia (PSD-MG), fazendo com que o Senado tenha a palavra final sobre o tema.

“Trocar o projeto vai ficar um impasse”, disse Maia em entrevista coletiva. “Os deputados podem ficar sem ter vontade de votar o (projeto) do Senado, e os senadores sem vontade de votar o da Câmara.”

Maia defendeu que as duas Casas trabalhem na construção de um texto conjunto, que chegaria com “mais força” à sanção presidencial.

“Essa tese de aprovar um projeto do Senado e esquecer o da Câmara não é uma fórmula que vai gerar equilíbrio na relação entre a duas Casas.”

Reportagem de Maria Carolina Marcello

0 : 0
  • narrow-browser-and-phone
  • medium-browser-and-portrait-tablet
  • landscape-tablet
  • medium-wide-browser
  • wide-browser-and-larger
  • medium-browser-and-landscape-tablet
  • medium-wide-browser-and-larger
  • above-phone
  • portrait-tablet-and-above
  • above-portrait-tablet
  • landscape-tablet-and-above
  • landscape-tablet-and-medium-wide-browser
  • portrait-tablet-and-below
  • landscape-tablet-and-below