for-phone-onlyfor-tablet-portrait-upfor-tablet-landscape-upfor-desktop-upfor-wide-desktop-up
Nacional

Porta-voz da Presidência é contaminado pelo novo coronavírus

BRASÍLIA (Reuters) - O porta-voz da Presidência, general Otávio do Rêgo Barros, 59 anos, foi diagnosticado com coronavírus e está afastado das suas funções, informou nesta quarta-feira o seu gabinete.

O porta-voz, segundo sua equipe, está sem sintomas e de quarentena em casa. Servidores que trabalham com ele também foram testados e aguardam o resultado em casa.

Rêgo Barros é mais um dos auxiliares próximos do presidente Jair Bolsonaro a serem contaminados pelo coronavírus. Logo depois de retornar da viagem presidencial a Miami, na segunda semana de março, boa parte da comitiva presidencial teve a doença, incluindo o chefe da Secretaria de Comunicação da Presidência, Fábio Wajngarten --primeiro confirmado-- e os ministros do Gabinete de Segurança Institucional, Augusto Heleno, e de Minas e Energia, Bento Albuquerque.

O porta-voz é o 24º auxiliar de Bolsonaro a ter a doença confirmada. O próprio presidente fez dois testes que afirma terem dado resultado negativo, mas nunca apresentou os exames.

Reportagem de Lisandra Paraguassu

for-phone-onlyfor-tablet-portrait-upfor-tablet-landscape-upfor-desktop-upfor-wide-desktop-up