for-phone-onlyfor-tablet-portrait-upfor-tablet-landscape-upfor-desktop-upfor-wide-desktop-up
Nacional

Governo do Rio de Janeiro prorroga isolamento social até final de maio

Mulher que morreu por coronavírus é enterrada em cemitério no Rio de Janeiro 08/05/2020 REUTERS/Pilar Olivares

RIO DE JANEIRO (Reuters) - O isolamento social no Estado do Rio de Janeiro será prorrogado até 31 de maio, informou o Palácio Guanabara nesta sexta-feira.

O decreto com a prorrogação será publicado até segunda-feira quando vence o isolamento em vigor.

Desde março, o Estado do Rio vem adotando medidas de restrição, mas a doença não para de crescer. O Estado já contabiliza 1.503 mortes e 15.741 casos.

O Estado encomendou a órgãos e secretárias locais estudos para subsidiar e embasar um eventual lockdown. O governador Wilson Witzel disse que por enquanto não cogita o isolamento total.

“Precisamos intensificar a fiscalização para que se cumpra o que os prefeitos e o que o governador determinaram. Vamos avaliar ao longo dessa próxima semana essas fiscalizações, com esse trabalho que já começou com a prefeitura fechando calçadões e impedindo as pessoas de transitar desnecessariamente”, disse o governador a jornalistas.

Também nesta sexta, o Estado de São Paulo, epicentro da doença no Brasil, estendeu sua quarentena até o fim do mês.

Reportagem de Rodrigo Viga Gaier

for-phone-onlyfor-tablet-portrait-upfor-tablet-landscape-upfor-desktop-upfor-wide-desktop-up