May 15, 2020 / 7:32 PM / 3 months ago

Teich diz que escolheu sair e que saúde precisa de união com Estados e municípios

BRASÍLIA (Reuters) - O ex-ministro da Saúde, Nelson Teich, disse nesta sexta-feira que escolheu sair do governo e lembrou que a administração da saúde pública é tripartite, incluindo os Estados e municípios, com quem o presidente Jair Bolsonaro tem travado disputa há meses devido às medidas de isolamento social do coronavírus.

Teich durante pronunciamento sobre saída do Ministério da Saúde 15/5/2020 REUTERS/Adriano Machado

Depois de apenas 28 dias como ministro da Saúde, Teich falou por cerca de cinco minutos e não disse o motivo pelo qual decidiu sair do governo, mas passou alguns recados.

“A vida é feita de escolhas, e hoje eu decidi sair”, disse ao abrir seu pronunciamento.

Teich foi chamado ao Palácio do Planalto na manhã desta sexta-feira, para um encontro fora da agenda, em que o presidente Jair Bolsonaro insistiu, mais uma vez, na mudança do protocolo para aconselhar o uso da cloroquina no início dos sintomas, como queria Bolsonaro. O ministro se recusou.

Ao contrário de seu antecessor, Teich foi discreto na sua fala de despedida. Mas lembrou que a administração da Saúde é dividida com Estados e municípios e esse trabalho conjunto é essencial.

“O Ministério da Saúde vê isso (o trabalho conjunto) como algo absolutamente verdadeiro e essencial para conduzir este país, tanto na parte estratégica quanto na parte de execução. Esse é o momento em que o país luta pela saúde, pelo Brasil. Mas aqui eu realço a participação do ministério, do Conass (Conselho Nacional de Secretários Estaduais de Saúde) e do Conasems (Conselho Nacional de Secretários Municipais de Saúde)”, disse Teich.

Desde o começo da epidemia de coronavírus no país, Bolsonaro tem estado em guerra abertas com governadores e também com prefeitos, a quem responsabiliza por terem decretado fechamento do comércio e empresas em políticas de isolamento social. Ao demitir Luiz Henrique Mandetta, o presidente queria rever duas posições do então ministro: o uso da cloroquina e o fim do isolamento social.

Teich, apesar de não ser tão vocal quanto Mandetta, não aceitou nenhuma delas. O plano de transição para o isolamento social, preparado pelo ministro, traçava cenários para o fim do isolamento que deveriam ser usados pelos Estados e municípios, mas ele mesmo indicou que em alguns locais deveria haver medidas ainda mais restritivas.

“Deixo um plano de trabalho, um plano pronto, para auxiliar os secretários municipais, os secretários estaduais, os prefeitos e governadores a tentar entender o que está acontecendo e definir os próximos passos”, disse.

“Aqui a gente entrega quais são os pontos que têm que ser avaliados, quais são os itens que são críticos e que se a gente não consegue ter precisam ser encontrados, e auxilia no entendimento do momento da tomada de decisão”, acrescentou o agora ex-ministro.

Criticado ao tomar posse por não ter falado do Sistema Único de Saúde (SUS), Teich fez questão agora de lembrar sua formação, desde a escola, faculdade pública, residência e trabalho em hospitais federais, e agradeceu a Bolsonaro a oportunidade de ter trabalhado no ministério.

“Eu fui criado pelo sistema público”, disse. “Eu não aceitei o convite pelo cargo, aceitei porque achei que podia ajudar o Brasil e ajudar as pessoas.”

Teich lembrou ainda suas visitas a algumas das cidades mais afetadas pela epidemia - algo que o presidente não fez ainda - e agradeceu aos trabalhadores da saúde.

“Isso foi fundamental, é fundamental estar na ponta e foi fundamental estar com essas pessoas, entender o que acontece no dia a dia”, afirmou.

“Aqui eu agradeço aos profissionais de saúde mais uma vez. Quando você vai na ponta você vê o que é o dia a dia dessas pessoas, você se impressiona. A dedicação dessas pessoas, correndo riscos o tempo todo ao lado dos pacientes, é uma coisa espetacular.”

0 : 0
  • narrow-browser-and-phone
  • medium-browser-and-portrait-tablet
  • landscape-tablet
  • medium-wide-browser
  • wide-browser-and-larger
  • medium-browser-and-landscape-tablet
  • medium-wide-browser-and-larger
  • above-phone
  • portrait-tablet-and-above
  • above-portrait-tablet
  • landscape-tablet-and-above
  • landscape-tablet-and-medium-wide-browser
  • portrait-tablet-and-below
  • landscape-tablet-and-below