for-phone-onlyfor-tablet-portrait-upfor-tablet-landscape-upfor-desktop-upfor-wide-desktop-up
Nacional

Maia diz que regularização fundiária só vai a voto agora com acordo

Rodrigo Maia, presidente da Câmara dos Deputados 10/07/2019 REUTERS/Adriano Machado

BRASÍLIA (Reuters) - O presidente Rodrigo Maia (DEM-RJ), afirmou nesta quarta-feira que a votação do projeto da regularização fundiária deve fiar para um segundo momento, pós crise do coronavírus, caso não haja acordo sobre o texto, situação atual da proposta.

Maia aproveitou para repetir que considera o texto equilibrado e alertou que qualquer tentativa de modificar o texto para ampliar o tamanho das propriedades que seriam dispensadas de vistoria prévia ou o marco temporal previsto no parecer do deputado Marcelo Ramos (PL-AM) irá sinalizar uma imagem negativa do país, inclusive internacionalmente.

“Se não tem acordo, não vai a voto. A gente faz esse debate em outro momento”, disse o presidente da Câmara a jornalistas.

Reportagem de Maria Carolina Marcello

for-phone-onlyfor-tablet-portrait-upfor-tablet-landscape-upfor-desktop-upfor-wide-desktop-up