June 9, 2020 / 8:40 PM / in a month

Governo revoga portaria que repassava R$84 milhões do Bolsa Família para a Secretaria de Comunicação

Palácio do Planalto 12/04/2014 REUTERS/Ueslei Marcelino

BRASÍLIA (Reuters) - O governo Jair Bolsonaro editou nesta terça-feira uma nova portaria para tornar sem efeito uma norma anterior do Ministério da Economia que tirava 83,9 milhões de reais do orçamento do Bolsa Família e que tinha sido repassado para a Secretaria Especial de Comunicação Social da Presidência (Secom) para ser utilizado em despesas com publicidade, segundo ato publicado em edição extra do Diário Oficial da União (DOU).

A transferência dos recursos do programa para a Secom havia sido publicada pelo jornal Folha de S.Paulo na semana passada. O presidente chegou a criticar o jornal após a publicação da reportagem.

O governo havia justificado a medida dizendo que a maioria dos beneficiários do Bolsa Família está recebendo o auxílio emergencial aos vulneráveis, aprovados devido à pandemia, o que liberaria essa verba para outros usos.

A nova portaria —revogando o remanejamento orçamentário=- foi assinada pelo secretário Especial de Fazenda, Waldery Rodrigues Junior.

Procurada, a Secom informou que não há previsão de manifestação oficial a respeito.

Reportagem de Ricardo Brito

0 : 0
  • narrow-browser-and-phone
  • medium-browser-and-portrait-tablet
  • landscape-tablet
  • medium-wide-browser
  • wide-browser-and-larger
  • medium-browser-and-landscape-tablet
  • medium-wide-browser-and-larger
  • above-phone
  • portrait-tablet-and-above
  • above-portrait-tablet
  • landscape-tablet-and-above
  • landscape-tablet-and-medium-wide-browser
  • portrait-tablet-and-below
  • landscape-tablet-and-below