for-phone-onlyfor-tablet-portrait-upfor-tablet-landscape-upfor-desktop-upfor-wide-desktop-up
Nacional

Witzel diz estar tranquilo sobre inocência após Alerj abrir processo de impeachment

Governador do Rio, Wilson Witzel (à esquerda na foto) 12/03/2019 REUTERS/Sergio Moraes

RIO DE JANEIRO (Reuters) - O governador do Rio de Janeiro, Wilson Witzel (PSC), disse nesta quarta-feira estar “absolutamente tranquilo” sobre sua inocência, após a Assembleia Legislativa do Estado votar pela abertura de um processo de impeachment do chefe do Executivo estadual.

“Recebo com espírito democrático e resiliência a notícia do início da tramitação do processo de impeachment pela Assembleia Legislativa do Estado do Rio de Janeiro. Estou absolutamente tranquilo sobre a minha inocência”, disse o governador em nota.

“Fui eleito tendo como pilar o combate à corrupção e não abandonei em nenhum momento essa bandeira. E é isso que, humildemente, irei demonstrar para as senhoras deputadas e senhores deputados”, acrescentou.

Witzel é alvo de ao menos 14 pedidos de impeachment protocolados na mesa diretora da Alerj, a maioria motivada por investigações sobre suspeitas de compras superfaturadas para o enfrentamento à pandemia de Covid-19 no Estado.

O governador foi um dos alvos da operação Placebo, da Polícia Federal, que apura desvios e irregularidades nas compras de equipamentos médicos e na contratação de hospitais de campanha para atender pacientes durante a pandemia.Witzel disse que vai seguir em suas funções e se preparar para sua defesa. “Tenho certeza que os parlamentares julgarão os fatos como eles verdadeiramente são”, afirmou.

Por Pedro Fonseca

for-phone-onlyfor-tablet-portrait-upfor-tablet-landscape-upfor-desktop-upfor-wide-desktop-up