for-phone-onlyfor-tablet-portrait-upfor-tablet-landscape-upfor-desktop-upfor-wide-desktop-up
Nacional

Ministro da Educação é multado por andar em local público sem máscara

Ministro da Educação, Abraham Weintraub 15/05/2019 REUTERS/Adriano Machado

BRASÍLIA (Reuters) - O ministro da Educação, Abraham Weintraub, foi multado pela Agência de Fiscalização do Distrito Federal (Agefis) por ser flagrado no domingo sem máscara, de uso obrigatório, na Esplanada dos Ministérios, via da capital da República em que se concetram os prédios das pastas, o Congresso e os Palácios do Planalto e do Supremo Tribunal Federal.

O governo do Distrito Federal obrigou, em decreto do dia 23 de abril, o uso de máscara de proteção individual para conter a disseminação do coronavírus. O descumprimento da regra acarreta multa de 2 mil reais.

Segundo auto de infração da Agefis, o ministro foi flagrado sem mascara em área pública, próximo a prédio do Ministério da Agricultura. Procurada, a pasta da Educação informou que não irá se manifestar sobre o assunto.

Weintraub é um dos mais ferrenhos defensores do presidente Jair Bolsonaro, que em diversas situações também circulou por locais públicos do DF sem a máscara, boa parte das vezes para interagir com seguidores e simpatizantes.

Bolsonaro não tem poupado críticas às medidas de isolamento social adotadas por governadores e prefeitos.

Alguns entes federativos tornaram o uso de máscaras obrigatório, caso do DF, entre as medidas adotadas diante do avanço da Covid-19.

Ainda assim, o Congresso enviou à sanção presidencial, na última semana, um projeto que torna o uso das máscaras obrigatório em todo o território nacional enquanto durar o estado de calamidade por conta do coronavírus.

Reportagem de Maria Carolina Marcello

for-phone-onlyfor-tablet-portrait-upfor-tablet-landscape-upfor-desktop-upfor-wide-desktop-up