June 17, 2020 / 5:23 PM / 2 months ago

SP tem novo recorde de mortes por Covid-19; governo libera treinos de futebol em julho

SÃO PAULO (Reuters) - O Estado de São Paulo registrou nesta quarta-feira um novo recorde de mortes registradas nas últimas 24 horas pela Covid-19, pelo segundo dia seguido, com mais 389 óbitos provocados pela pandemia da doença respiratória causada pelo novo coronavírus, informou a Secretaria de Saúde.

Pessoas com máscaras carregam sacolas de compras em São Paulo 11/06/2020 REUTERS/Amanda Perobelli

O novo recorde leva o total de óbitos pela doença no Estado para 11.521. São Paulo tem 191.517 casos confirmados de Covid-19, mas a Secretaria de Saúde disse que o número é ainda maior, mas não pôde ser informado devido a um problema no sistema que coleta as informações. Assim, casos que deveriam ter sido registrados nesta quarta ficarão para o boletim de quinta-feira.

Apesar dos números, o governo do Estado anunciou que os times da primeira divisão do Campeonato Paulista poderão retornar aos treinamentos em julho, depois da paralisação causada pela pandemia em meados de março.

Em entrevista coletiva no Palácio dos Bandeirantes, sede do governo estadual, o governador João Doria (PSDB), disse que os protocolos para a volta aos treinos dos times da primeira divisão estadual foram acertados pelas autoridades de saúde do Estado com a Federação Paulista de Futebol (FPF), mas a volta das partidas do Campeonato Paulista será discutida posteriormente entre o governo estadual e a FPF.

“O governo do Estado de São Paulo, através do centro de contingência —o comitê de saúde— determinou e finalizou hoje pela manhã todos os protocolos para as equipes de futebol profissional da chamada Série A1 para que possam voltar a treinar a partir do dia 1º de julho”, disse Doria.

Entre as regras estão a testagem constante de jogadores e membros das comissões técnicas dos clubes, a limitação do número de pessoas que poderá acompanhar os treinamentos, inclusive com a proibição da presença de torcida, o uso obrigatório de máscaras e a medição constante da temperatura de todos os presentes.

De acordo com Doria, ficou acertado com a federação que o cumprimento dessas regras será cobrado dos clubes. De acordo com o pneumologista Carlos Carvalho, coordenador do Centro de Contingência do Coronavírus em São Paulo, com a retomada dos treinos em julho, será possível cogitar a volta do Campeonato Paulista a partir de agosto.

Uma definição sobre a volta das demais modalidades esportivas no Estado deverá ocorrer na sexta-feira da próxima semana, acrescentou o governador.

Sobre o novo recorde no número de mortos, que acontece em meio ao plano de reabertura gradual e por regiões de setores da economia do Estado, a secretaria de Desenvolvimento Regional, Patrícia Ellen, disse que o dado está dentro do que cenário traçado pelas autoridades estaduais de saúde, que estimam que o total de mortos pela Covid-19 em São Paulo fique entre 15 mil e 18 mil até o final deste mês.

“O número que nós temos hoje está dentro do cenário, no limite inferior. Toda vida conta e é sempre muito difícil sempre trazermos aqui os nossos números de óbitos, mas a boa notícia é que a nossa taxa de letalidade está caminhando para uma estabilização, porque o nosso número de óbitos está aqui no intervalo inferior das nossas projeções, que já foram revisadas para baixo”, disse a secretária.

0 : 0
  • narrow-browser-and-phone
  • medium-browser-and-portrait-tablet
  • landscape-tablet
  • medium-wide-browser
  • wide-browser-and-larger
  • medium-browser-and-landscape-tablet
  • medium-wide-browser-and-larger
  • above-phone
  • portrait-tablet-and-above
  • above-portrait-tablet
  • landscape-tablet-and-above
  • landscape-tablet-and-medium-wide-browser
  • portrait-tablet-and-below
  • landscape-tablet-and-below