for-phone-onlyfor-tablet-portrait-upfor-tablet-landscape-upfor-desktop-upfor-wide-desktop-up
Nacional

Diminui número de pessoas afastadas ou em trabalho remoto por pandemia, diz Pnad Covid

Garçom atende cliente em restaurante no Rio de Janeiro 02/07/2020 REUTERS/Sergio Moraes

RIO DE JANEIRO (Reuters) - O número de pessoas afastadas do trabalho devido às medidas de redução da circulação de pessoas para conter o coronavírus diminuiu na segunda semana de junho ante a primeira, assim como o total de pessoas que estavam trabalhando remotamente devido à pandemia, mostrou nesta sexta-feira a pesquisa PNAD Covid, do IBGE.

Segundo o levantamento, cerca de 12,4 milhões de pessoas (14,8% da população ocupada) estavam afastadas do trabalho devido ao distanciamento social, número inferior à semana anterior, quando eram 13,5 milhões de pessoas (16,1% da população ocupada). No inicio de maio, eram 16,6 milhões de pessoas afastadas pelo distanciamento social (19,8% dos ocupados).

Também diminuiu na segunda semana do mês passado o total de pessoas que estavam trabalhando remotamente, ficando em 8,5 milhões, contra 8,9 milhões na semana anterior e 8,6 milhões no começo de maio.

A pesquisa também mostrou que o número de pessoas trabalhando caiu ligeiramente no país na segunda semana de junho ante a primeira, e também houve um aumento nas pessoas fora do mercado de trabalho que gostariam de trabalhar.

A PNAD Covid estimou em 83,5 milhões a população ocupada no país na semana de 7 a 13 de junho, ante 83,7 milhões na primeira semana do mês e 83,9 milhões na primeira semana do mês de maio. Apesar da redução na população ocupada, o IBGE considerou que houve uma estabilidade na ocupação no período.

Já o nível de ocupação, que mede o percentual de pessoas de ao menos 14 anos de idade trabalhando, ficou em 49% na segunda semana de junho contra, 49,3% no começo do mês e 49,4% em relação ao início de maio.

“Em relação ao mercado de trabalho, praticamente todos os indicadores ficaram estáveis em relação À semana anterior”, disse a gerente do IBGE Maria Lúcia Vieira.

A Pnad Covid apontou também que 18,2 milhões de pessoas fora do mercado de trabalho que gostariam de trabalhar não procuraram trabalho por causa da pandemia ou por não encontrarem uma ocupação na localidade em que moravam.

Esse contingente ficou estatisticamente estável em relação à semana anterior (17,9 milhões) e recuou frente à semana de 3 a 9 de maio (19,1 milhões”, segundo o IBGE.

for-phone-onlyfor-tablet-portrait-upfor-tablet-landscape-upfor-desktop-upfor-wide-desktop-up