for-phone-onlyfor-tablet-portrait-upfor-tablet-landscape-upfor-desktop-upfor-wide-desktop-up
Nacional

Governo suspende licitação de R$270 mi para contratar agências de propaganda

12/08/2020 REUTERS/Adriano Machado

BRASÍLIA (Reuters) - A Secretaria Especial de Comunicação Social (Secom) decidiu suspender temporariamente a licitação de 270 milhões de reais para contratação de três agências de publicidade, anunciada no início do mês.

Em nota, a Secom informou que decidiu reavaliar e aprimorar o edital depois de ouvir questionamentos de entidades do setor.

“Tão logo seja concluído esse aperfeiçoamento, a Secom dará continuidade ao edital de licitação”, diz o texto.

O edital de licitação, publicado em 8 de agosto, previa concorrência pública no modelo “Melhor Técnica” e tinha como objetivo a contratação de três agências para prestar uma série de serviços de propagando do governo, incluindo estudo, planejamento, conceituação, concepção, criação, execução interna, intermediação e supervisão da execução externa, além da distribuição de ações publicitárias junto a públicos de interesses.

O contrato, de 12 meses passíveis de prorrogação por mais 60 meses, chamou a atenção pelo alto valor.

No último dia 21, antes de anunciar a suspensão da licitação, a Secom renovou por 12 meses os contratos com as três agências que prestam serviço atualmente para o governo, Artplan, Calia/Y2 e PPR, por um valor bem menor: 127,3 milhões de reais.

Reportagem de Lisandra Paraguassu

for-phone-onlyfor-tablet-portrait-upfor-tablet-landscape-upfor-desktop-upfor-wide-desktop-up