for-phone-onlyfor-tablet-portrait-upfor-tablet-landscape-upfor-desktop-upfor-wide-desktop-up
Nacional

SP inicia programa para testes de Covid-19 na rede de ensino, prevê 777 mil exames

Profissional da saúde realiza coleta para teste de Covid-19 em escola de São Paulo (SP) 01/10/2020 REUTERS/Amanda Perobelli

SÃO PAULO (Reuters) - A cidade de São Paulo iniciou nesta quinta-feira um programa para a testagem de professores, estudantes e servidores da rede municipal de ensino para Covid-19, com o objetivo de identificar a prevalência de infectados pelo novo coronavírus no setor, e assim programar o retorno das aulas presenciais, informou a prefeitura.

A meta do município é testar 777 mil pessoas em três fases, que recebem investimento de 50 milhões de reais. A primeira etapa, que teve início nesta quinta, prevê a coleta de material sorológico de quase 193 mil pessoas.

A divisão em fases, de acordo com a prefeitura, ocorre “apenas por questões quantitativas”.

Os primeiros testes estão sendo conduzidos com alunos do 3º e 9º anos do Ensino Fundamental, estudantes de todas as séries do Ensino Médio, educadores com menos de 60 anos e servidores.

A fase inicial do chamado Censo Sorológico ocorre de 1ª a 15 de outubro. As coletas das amostras serão realizadas nas próprias escolas, mediante distanciamento social, e mobilizam funcionários das 468 Unidades Básicas de Saúde da cidade, disse a prefeitura.

As escolas municipais de São Paulo foram fechadas em 23 de março por causa da pandemia.

Por Gabriel Araujo

for-phone-onlyfor-tablet-portrait-upfor-tablet-landscape-upfor-desktop-upfor-wide-desktop-up