for-phone-onlyfor-tablet-portrait-upfor-tablet-landscape-upfor-desktop-upfor-wide-desktop-up

Tesouro analisa empréstimo de US$1 bi do Banco Mundial, diz Waldery

Notas de um real são dispostas. 15/10/2020. REUTERS/Bruno Domingos.

BRASÍLIA (Reuters) - O Tesouro Nacional avalia o empréstimo de 1 bilhão de dólares que o Banco Mundial aprovou na última quinta-feira para ampliar a expansão do programa Bolsa Família, informou nesta sexta-feira o secretário especial de Fazenda, Waldery Rodrigues.

“O empréstimo de 1 bilhão de dólares do Banco Mundial está sendo analisado pelo Tesouro Nacional e faz parte do conjunto de fontes de financiamento externo, o que não usávamos há cerca de dez anos”, afirmou Waldery em coletiva de imprensa virtual.

De acordo com comunicado divulgado pela instituição financeira, a ampliação do programa irá expandir a proteção para ao menos 1,2 milhão de famílias pobres que irão continuar a demandar apoio financeiro após o fim da transferência do auxílio emergencial pelo governo federal.

“Essa ampliação benefeciará pelo menos 3 milhões de pessoas, entre elas 990.000 crianças e jovens e 7.000 indígenas”, informou em nota o Banco Mundial. De acordo com a instituição, antes da pandemia da Covid-19, cerca de 13 milhões de famílias estavam cadastradas no Bolsa Família.

Por Gabriel Ponte

for-phone-onlyfor-tablet-portrait-upfor-tablet-landscape-upfor-desktop-upfor-wide-desktop-up