for-phone-onlyfor-tablet-portrait-upfor-tablet-landscape-upfor-desktop-upfor-wide-desktop-up
Nacional

Ministério da Saúde identifica vírus, mas rejeita tentativa de invasão em computadores

31/08/2020 REUTERS/Kacper Pempel/Foto ilustrativa

BRASÍLIA (Reuters) - O Ministério da Saúde identificou a existência de vírus em algumas estações de trabalho na manhã desta quinta-feira, o que levou ao Departamento de Informática do SUS (DataSUS) bloquear o acesso à internet, bem como às redes e aos sistemas de telefone, evitando, assim, a propagação do vírus entre os computadores da pasta, informou o órgão em novo comunicado.

“Até o momento, não há indícios de que o vírus seja uma tentativa de invasão, pois não houve danos à integridade dos dados”, esclareceu a assessoria de imprensa do ministério.

A pasta disse que a ocorrência foi “limitada a algumas estações de trabalho e, portanto, não comprometeu os servidores da infraestrutura” do ministério. Afirmou ainda que, no momento, os sistemas estão em funcionamento, porém alguns deles enfrentam lentidão em função das medidas de segurança adotadas.

“O DataSUS investiga a origem do problema e trabalha para restabelecer de forma integral e o quanto antes o acesso seguro dos colaboradores às suas estações de trabalho”, concluiu.

Mais cedo, o ministério tinha dito que uma equipe técnica da pasta foi acionada após ficar, desde o início da manhã desta quinta, sem acesso a internet, linhas de telefone fixo e emails corporativos, informou a pasta.

O Ministério da Saúde é responsável por divulgar diariamente pela internet as atualizações dos dados oficiais da pandemia de Covid-19 no Brasil.

Na terça-feira, o sistema de informações do Superior Tribunal de Justiça foi atacado por hackers, o que levou à suspensão de todas as sessões de julgamento virtuais ou por videoconferência até o restabelecimento da segurança. A Polícia Federal abriu inquérito para apurar o ataque.

Às vésperas das eleições municipais, o Tribunal Superior Eleitoral também anunciou nesta quinta um reforço em medidas de segurança dos seus sistemas após o ataque hacker ao STJ.

Reportagem de Maria Carolina Marcello e Ricardo Brito

for-phone-onlyfor-tablet-portrait-upfor-tablet-landscape-upfor-desktop-upfor-wide-desktop-up