August 20, 2015 / 9:41 PM / 3 years ago

Cunha se diz "sereno" após denúncia e afirma que continuará na presidência da Câmara

BRASÍLIA (Reuters) - O presidente da Câmara dos Deputados, Eduardo Cunha (PMDB-RJ), disse estar “sereno” após ser denunciado ao Supremo Tribunal Federal (STF) por suposto envolvimento nas irregularidades investigadas pela operação Lava Jato e afirmou que continuará seu trabalho como presidente da Câmara.

Em nota, Cunha afirmou estranhar que não tenham sido feitas denúncias contra membros do governo e do PT que têm prerrogativa de foro no STF e disse se sentir “aliviado” com a denúncia, pois agora o caso será tratado pelo Poder Judiciário.

Reportagem de Leonardo Goy

0 : 0
  • narrow-browser-and-phone
  • medium-browser-and-portrait-tablet
  • landscape-tablet
  • medium-wide-browser
  • wide-browser-and-larger
  • medium-browser-and-landscape-tablet
  • medium-wide-browser-and-larger
  • above-phone
  • portrait-tablet-and-above
  • above-portrait-tablet
  • landscape-tablet-and-above
  • landscape-tablet-and-medium-wide-browser
  • portrait-tablet-and-below
  • landscape-tablet-and-below