February 15, 2018 / 2:41 PM / 7 months ago

Dólar reduz perda após patamar de R$3,20 atrair compradores; cena externa continua no radar

SÃO PAULO (Reuters) - O dólar reduziu a queda vista mais cedo e passou a ser negociado com leves variações nesta quinta-feira, depois de ir ao patamar de 3,20 reais e atrair fluxo de compra.

Notas de reais e dólares em uma casa de câmbio no Rio de Janeiro 10/09/2015 REUTERS/Ricardo Moraes

Operadores, no entanto, diziam que esse movimento de correção local era contido pela cena externa, onde o ambiente mais otimista levava o dólar a cair frente a outras divisas.

Às 12:38, o dólar avançava 0,10 por cento, a 3,2306 reais na venda, depois de despencar 2,27 por cento na véspera e atingir 3,1989 reais na mínima dessa sessão. O dólar futuro tinha alta de cerca de 0,30 por cento.

“O dólar ficou barato e trouxe importadores e investidores ao mercado”, afirmou o gestor de uma corretora nacional.

Entre o final da semana passada e a mínima desse pregão, a moeda norte-americana perdeu 10 centavos de real, variação considerável e que acaba atraindo compradores.

A cena externa estava mais tranquila depois das fortes correções recentes com temores de que a inflação estava ganhando muito fôlego nos Estados Unidos, o que poderia levar o Federal Reserve, banco central do país, a elevar os juros mais rapidamente, algo que poderia afetar o fluxo global de capitais.

A moeda norte-americana cedia ante uma cesta de moedas e divisas de países emergentes, como os pesos chileno e mexicano e a lira turca.

“O rali global parece ter retomado sua trajetória altista, consolidando a leitura de que a forte volatilidade... foi mais uma correção e acomodação do mercado do que a iminência de algo mais preocupante”, trouxe a corretora H.Commcor em nota.

Pesquisa Reuters junto a economistas mostrou que a probabilidade de mais de três altas de juros na maior economia do mundo neste ano aumentou, apesar de ainda ser minoritária.

O Banco Central brasileiro vendeu integralmente a oferta de até 9.500 contratos de swap cambial tradicional —equivalentes à venda futura de dólares— para rolagem do vencimento de março. Desta forma, já rolou 2,375 bilhões de dólares do total de 6,154 bilhões de dólares que vencem no mês que vem.

Mantido esse volume diário até o final do mês e vendendo os lotes todos, rolará integralmente os swaps que vencem agora.

0 : 0
  • narrow-browser-and-phone
  • medium-browser-and-portrait-tablet
  • landscape-tablet
  • medium-wide-browser
  • wide-browser-and-larger
  • medium-browser-and-landscape-tablet
  • medium-wide-browser-and-larger
  • above-phone
  • portrait-tablet-and-above
  • above-portrait-tablet
  • landscape-tablet-and-above
  • landscape-tablet-and-medium-wide-browser
  • portrait-tablet-and-below
  • landscape-tablet-and-below