September 17, 2018 / 9:38 PM / a month ago

Vídeo da embaixada alemã sobre Holocausto revela profunda polarização do Brasil antes de eleição

RIO DE JANEIRO (Reuters) - Um vídeo publicado por diplomatas alemães explicando os esforços do país para tirar uma lição do holocausto criou uma tempestade no Brasil, onde a profunda polarização política tem contribuído para um eleição presidencial com profundo antagonismo.

Embaixada alemã em Brasília 17/09/2018 REUTERS/Adriano Machado

O vídeo explicativo —publicado no Facebook pela embaixada da Alemanha em Brasília— diz que os alemães “não se escondem de seu passado”, acrescentando que “desde pequenos são ensinados a confrontar os horrores do Holocausto”.

    A afirmação do vídeo de que o Nazismo era um movimento de direita irritou alguns no Brasil, que argumentam que o partido de Adolf Hitler era de ideologia política de esquerda apenas por conta de seu nome oficial, Partido Nacional-Socialista dos Trabalhadores Alemães.

    Na seção de comentários do vídeo, que teve 776 mil visualizações na página da embaixada no Facebook, comentaristas também duvidaram da veracidade do Holocausto, que resultou no assassinato de cerca de 6 milhões de judeus, rotulando-o de “holofraude”.

    “O Holocausto é um fato histórico, com provas e testemunhos que podem ser encontrados em muitas partes da Europa”, escreveu a embaixada em sua página no Facebook em resposta a um comentarista que negava o genocídio.

As reações extremas ao vídeo revelaram as profundas divisões ideológicas no país antes do primeiro turno da eleição presidencial, em 7 de outubro, que tem sido ofuscado por violentos ataques políticos, preocupações com notícias falsas e um discurso público cada vez mais polarizador.

    O líder nas pesquisas, Jair Bolsonaro (PSL), nacionalista de extrema-direita que se recupera em um hospital após ser esfaqueado, tem sido chamado de fascista por adversários, enquanto a vice na chapa com Fernando Haddad (PT), que é disputa o segundo lugar nas pesquisas, Manuela d’Ávila, é do Partido Comunista do Brasil. O político mais popular do país, o ex-presidente de esquerda Luiz Inácio Lula da Silva, está preso por acusações de corrupção e impedido de concorrer.

    A embaixada da Alemanha em Brasília não respondeu a um pedido de comentário.

    O Brasil possui um longo histórico de imigração alemã que data do século 19. Muitos nazistas fugiram para o sul do Brasil e outros países da América do Sul após a Segunda Guerra Mundial, incluindo o médico Josef Mengele, conhecido por seu papel no campo de concentração de Auschwitz.

    Bolsonaro fez uma transmissão ao vivo no domingo de seu leito no hospital, com ataques ao PT e repetindo suspeitas sobre a possibilidade de fraude nas eleições ao colocar dúvidas sobre o sistema de urnas eletrônicas do país.

Reportagem de Gabriel Stargardter

0 : 0
  • narrow-browser-and-phone
  • medium-browser-and-portrait-tablet
  • landscape-tablet
  • medium-wide-browser
  • wide-browser-and-larger
  • medium-browser-and-landscape-tablet
  • medium-wide-browser-and-larger
  • above-phone
  • portrait-tablet-and-above
  • above-portrait-tablet
  • landscape-tablet-and-above
  • landscape-tablet-and-medium-wide-browser
  • portrait-tablet-and-below
  • landscape-tablet-and-below