September 24, 2018 / 11:03 PM / 24 days ago

Bolsonaro mantém 28% e segue na liderança; Haddad vai a 22%, diz Ibope

SÃO PAULO (Reuters) - O candidato do PSL à Presidência, deputado Jair Bolsonaro, segue na liderança da corrida presidencial deste ano, mantendo 28 por cento das intenções de voto, seguido pelo petista Fernando Haddad, que chegou a 22 por cento, de acordo com pesquisa Ibope divulgada nesta segunda-feira, que mostrou uma piora no desempenho de Bolsonaro nas simulações de segundo turno.

Fotos de Jair Bolsonaro, Fernando Haddad, Ciro Gomes e Geraldo Alckmin REUTERS/Nacho Doce/Paulo Whitaker/Leonardo Benassatto/Adriano Machado

A pesquisa anterior do instituto, divulgada no dia 18, havia mostrado Bolsonaro com os mesmos 28 por cento das intenções de voto de agora, enquanto Haddad tinha 19 por cento.

O Ibope, divulgado nos sites do jornal O Estado de S. Paulo e G1, apontou Ciro Gomes com 11 por cento, repetindo a taxa da sondagem anterior, e Geraldo Alckmin (PSDB) com 8 por cento, ante 7 por cento. Como a margem de erro da pesquisa é de 2 pontos percentuais, os dois estão em empate técnico.

Marina Silva (Rede) aparece com 5 por cento, ante 6 por cento há uma semana. João Amoêdo (Novo) oscilou para 3 por cento, ante 2 por cento, enquanto Alvaro Dias (Podemos) e Henrique Meirelles (MDB) mantiveram os mesmos 2 por cento da sondagem anterior.

De acordo com o Ibope, 12 por cento declararam voto branco ou nulo, ante 14 por cento na pesquisa anterior, enquanto 6 por cento disseram não saber em que votarão, ante 7 por cento.

SEGUNDO TURNO E REJEIÇÃO

Nas simulações de segundo turno Bolsonaro só não perde para Marina, com quem empata em 39 por cento —na semana passada ele vencia por 41 a 36 por cento.

Agora Haddad vence o candidato do PSL por 43 a 37 por cento —na pesquisa anterior havia um empate em 40 por cento.

Ciro tem a vitória mais folgada sobre Bolsonaro, 46 a 35 por cento, enquanto na semana passada os dois estavam em empate técnico, com uma vantagem numérica apertada para o pedetista, por 40 a 39 por cento.

Já Alckmin derrota o presidenciável do PSL por 41 a 36 por cento, depois de os dois empatarem em 38 por cento no levantamento anterior.

O Ibope também pesquisou a rejeição dos candidatos. Bolsonaro segue o mais rejeitado pelos eleitores, segundo o Ibope, com 46 por cento, ante 42 por cento na pesquisa anterior. A rejeição a Haddad foi a 30 por cento, ante 29 por cento.

Marina tem rejeição de 25 por cento, ante os 26 por cento anteriores, enquanto Alckmin é rejeitado pelos mesmos 20 por cento da pesquisa anterior, e Ciro tem rejeição de 18 por cento, ante 19 por cento.

O Ibope ouviu 2.506 pessoas entre sábado e domingo.

Por Alexandre Caverni

0 : 0
  • narrow-browser-and-phone
  • medium-browser-and-portrait-tablet
  • landscape-tablet
  • medium-wide-browser
  • wide-browser-and-larger
  • medium-browser-and-landscape-tablet
  • medium-wide-browser-and-larger
  • above-phone
  • portrait-tablet-and-above
  • above-portrait-tablet
  • landscape-tablet-and-above
  • landscape-tablet-and-medium-wide-browser
  • portrait-tablet-and-below
  • landscape-tablet-and-below