December 31, 2018 / 4:12 PM / 3 months ago

Temer desiste de assinar indulto de Natal de 2018

(Reuters) - O presidente Michel Temer voltou atrás e informou a auxiliares ter desistido de assinar o indulto de Natal de 2018, diante do fato de o Supremo Tribunal Federal (STF) não ter o concluído o julgamento da suspensão do indulto de 2017, informou reportagem da Agência Brasil.

A suspensão ocorreu após pedidos de vista dos ministros Dias Tofffoli e Luiz Fux, com um placar de 6 a 2 a favor da validade do decreto de indulto natalino editado pelo presidente Michel Temer no ano passado, detalhou a agência.

Com o adiamento, continua valendo a liminar proferida pelo relator, ministro Luís Roberto Barroso, que suspendeu parte do texto do decreto por supostamente ajudar na liberação de políticos condenados por corrupção.

O decreto editado em 2017 perdoava condenados por corrupção que tivessem cumprido um quinto da pena até 25 de dezembro de 2017. O ponto foi questionado pela Procuradoria-Geral da República e levou à liminar concedida por Barroso suspendendo os seus efeitos.

Na última quinta-feira, o ministro da Secretaria de Governo, Carlos Marun, afirmou que Temer deveria assinar novo decreto de indulto natalino, mesmo depois de algumas dúvidas devido ao STF não ter terminado a votação a respeito. [nL1N1YW09H]

Será a primeira vez em 30 anos que a Presidência não emitirá um decreto em favor de apenados por crimes não violentos que já cumpriram parte da pena, destacou a Agência Brasil.

0 : 0
  • narrow-browser-and-phone
  • medium-browser-and-portrait-tablet
  • landscape-tablet
  • medium-wide-browser
  • wide-browser-and-larger
  • medium-browser-and-landscape-tablet
  • medium-wide-browser-and-larger
  • above-phone
  • portrait-tablet-and-above
  • above-portrait-tablet
  • landscape-tablet-and-above
  • landscape-tablet-and-medium-wide-browser
  • portrait-tablet-and-below
  • landscape-tablet-and-below