January 22, 2019 / 8:03 PM / 10 months ago

Não vou atropelar ninguém, diz Renan sobre candidatura de Simone Tebet ao comando do Senado

Senador Renan Calheiros em Brasília 20/07/2017 REUTERS/Ueslei Marcelino

BRASÍLIA (Reuters) - O senador Renan Calheiros (MDB-AL) afirmou nesta terça-feira em entrevista à Reuters que não vai “atropelar ninguém” na disputa à Presidência do Senado, numa referência à decisão da líder do MDB na Casa, Simone Tebet (MS), de colocar na véspera o nome dela para a escolha do partido, no dia 29, para o comando do Senado.

“Não vou atropelar ninguém, absolutamente. Nem a Simone nem qualquer outra eventual candidatura que exista na bancada. O fundamental é construirmos a unidade para chegarmos juntos no dia 1º (de fevereiro, data da eleição à presidência do Senado)”, disse ele, quando questionado se vai concorrer no voto contra ela.

Renan preferiu não se manifestar sobre as declarações de Tebet, em conversa com jornalistas mais cedo, que criticou a atuação do ministro da Casa Civil, Onyx Lorenzoni. Para ela, o ministro estimula uma candidatura do senador do partido dele, Davi Alcolumbre (DEM-AP), ao comando do Senado. A tradição na Casa é que o maior partido indique o candidato, o MDB continuará sendo, a partir de fevereiro, a maior bancada com 12 senadores

“O nome é um detalhe, a bancada é forte porque está unida e deverá disputar no plenário com (o nome) mais competitivo. Mas todos os partidos têm direito regimentalmente de apresentar candidatos. Precisamos conviver com isso”, disse Renan.

O senador alagoano —que já foi quatro vezes presidente do Senado— ainda não se lançou publicamente ao cargo. Ele tem sofrido restrições internas ou externas para concorrer diante de investigações judiciais das quais é alvo. Tebet tem sido vista dentro e fora do MDB como um nome mais palatável durante o governo do presidente Jair Bolsonaro.

Renan fez um aceno a Tebet, com quem disse ter conversado “longamente” por telefone, e disse que deve reunir-se com ela em breve pessoalmente. “Eu gosto muito dela, acho ela um bom nome, fui muito amigo do Ramez (Tebet, ex-presidente do Senado, pai da senadora). Sou amigo da mãe dela. Acho ela realmente um bom nome”, afirmou.

Nesta tarde, o senador também publicou em uma rede social uma postagem sobre Simone. “A candidatura da senadora Simone Tebet robustece o processo decisório, e consolidará ainda mais a união da nossa bancada. O fundamental é que cheguemos juntos ao plenário no dia 1 de fevereiro”, frisou.

0 : 0
  • narrow-browser-and-phone
  • medium-browser-and-portrait-tablet
  • landscape-tablet
  • medium-wide-browser
  • wide-browser-and-larger
  • medium-browser-and-landscape-tablet
  • medium-wide-browser-and-larger
  • above-phone
  • portrait-tablet-and-above
  • above-portrait-tablet
  • landscape-tablet-and-above
  • landscape-tablet-and-medium-wide-browser
  • portrait-tablet-and-below
  • landscape-tablet-and-below