January 24, 2019 / 12:00 PM / 5 months ago

Mourão diz que “por enquanto" não é a favor de privatização dos Correios

Hamilton Mourão 28/11/2018 REUTERS/Adriano Machado

BRASÍLIA (Reuters) - O presidente em exercício, Hamilton Mourão, afirmou nesta quinta-feira que “por enquanto” não é a favor da privatização dos Correios.

O vice-presidente, que exerce a Presidência por conta da viagem do presidente Jair Bolsonaro a Davos por ocasião do Fórum Econômico Mundial, participou de evento de comemoração dos 356 anos dos Correios e homenagem ao Dia do Carteiro.

Questionado se posicionava-se a favor da privatização da empresa, Mourão respondeu que “por enquanto, não”.

Quando ainda candidato, Bolsonaro afirmou que os Correios tinham grande chance de serem privatizados caso fosse eleito.

Mas em dezembro, o hoje ministro da Ciência e Tecnologia, Marcos Pontes, adiantou que a privatização dos Correios ainda não estava na pauta, ao informar que a estatal seguiria subordinada a sua pasta.

Agora, o presidente em exercício foi na mesma linha.

“A privatização dos Correios é algo que ainda vai ser discutido. Os dados que eu tenho hoje é que a empresa dos Correios está ficando superavitária, não tem mais gasto recursos da nação”, disse Mourão. “Tem que olhar com carinho isso aí.”

Reportagem de Maria Carolina Marcello

0 : 0
  • narrow-browser-and-phone
  • medium-browser-and-portrait-tablet
  • landscape-tablet
  • medium-wide-browser
  • wide-browser-and-larger
  • medium-browser-and-landscape-tablet
  • medium-wide-browser-and-larger
  • above-phone
  • portrait-tablet-and-above
  • above-portrait-tablet
  • landscape-tablet-and-above
  • landscape-tablet-and-medium-wide-browser
  • portrait-tablet-and-below
  • landscape-tablet-and-below