January 28, 2019 / 7:03 PM / 5 months ago

Mourão diz a embaixador da Palestina que não há decisão sobre transferência de embaixada para Jerusalém

Hamilton Mourão em Brasília 28/11/2018 REUTERS/Adriano Machado

BRASÍLIA (Reuters) - Em um contraponto à postura do presidente Jair Bolsonaro, o presidente em exercício, Hamilton Mourão, recebeu nesta segunda-feira uma comitiva de representantes da Palestina, incluindo o embaixador no Brasil, Ibrahim Alzeben, e afirmou que não há qualquer decisão do governo brasileiro sobre a transferência da embaixada brasileira em Israel de Tel Aviv para Jerusalém.

“Saímos muito satisfeitos que as boas relações continuarão entre Brasil e Palestina, respeitando o direito internacional, respeitando a tradição brasileira dos últimos 70 anos. Foi falado esse assunto, qualquer assunto desse será estudado pelas autoridades brasileiras e esperamos que isso não vai acontecer”, disse Alzeben ao sair do encontro.

A ideia de mudar a embaixada brasileira em Israel para Tel Aviv, imitando o movimento feito pelo presidente dos Estados Unidos, Donald Trump, foi declarada por Bolsonaro por diversas vezes mas, desde que assumiu o governo, o presidente tem sido evasivo sobre este tema.

A medida tem o apoio do chanceler Ernesto Araújo, mas encontra resistência entre diplomatas e entre outros membros do governo e apenas a ameaça de mudança já trouxe consequências econômicas para o Brasil, que é um dos principais exportadores de carne e frango para o Oriente Médio.

No final do ano passado, depois de Bolsonaro reafirmar sua intenção, o Egito cancelou uma visita do então chanceler Aloysio Nunes e uma delegação de empresários ao país. Na semana passada, a Arábia Saudita desabilitou cinco frigoríficos antes autorizados a exportar frango. O país negou razões políticas por trás da decisão, mas autoridades sauditas já fizeram chegar ao Itamaraty sua insatisfação com a posição brasileira.

À Reuters, o embaixador palestino, que veio acompanhado de uma comitiva de religiosos, se mostrou satisfeito com o encontro com o presidente em exercício. Segundo ele, foi “o melhor possível” e que Mourão deu “um sinal muito positivo”.

Alzeben também convidou Mourão e Bolsonaro para visitarem a Palestina e “rezarem juntos” na Basílica da Natividade.

Reportagem de Lisandra Paraguassu e Ricardo Brito

0 : 0
  • narrow-browser-and-phone
  • medium-browser-and-portrait-tablet
  • landscape-tablet
  • medium-wide-browser
  • wide-browser-and-larger
  • medium-browser-and-landscape-tablet
  • medium-wide-browser-and-larger
  • above-phone
  • portrait-tablet-and-above
  • above-portrait-tablet
  • landscape-tablet-and-above
  • landscape-tablet-and-medium-wide-browser
  • portrait-tablet-and-below
  • landscape-tablet-and-below