March 27, 2019 / 10:51 AM / in 3 months

Câmara conclui votação de projeto que permite controle de aéreas por estrangeiros

Boeing 737 da GOL se prepara para aterrissar no aeroporto Santos Dumont, no Rio de Janeiro 21/03/2019 REUTERS/Sergio Moraes

(Reuters) - A Câmara dos Deputados rejeitou a maior parte dos destaques e concluiu, na noite de terça-feira, a votação do projeto que libera a participação de capital estrangeiro em companhias aéreas com sede no país, informou a Agência Câmara.

A proposta da chamada Lei Geral do Turismo, que agora segue para o Senado, permite a participação de até 100 por cento de capital estrangeiro em aéreas brasileiras.

A discussão sobre o projeto foi marcada por embates entre a oposição, que criticou a proposta por considerar que ela ameaça a soberania nacional, e a situação, para quem a abertura permitirá mais investimentos e geração de emprego no país.

A liberação da participação de capital estrangeiro nas companhias aéreas também é tema de uma medida provisória editada pelo então presidente Michel Temer.

A MP, que aguarda deliberação de comissão mista do Congresso e deve ser desconsiderada, eleva a possibilidade de participação dos estrangeiros, dos 20 por cento atuais para 100 por cento.

0 : 0
  • narrow-browser-and-phone
  • medium-browser-and-portrait-tablet
  • landscape-tablet
  • medium-wide-browser
  • wide-browser-and-larger
  • medium-browser-and-landscape-tablet
  • medium-wide-browser-and-larger
  • above-phone
  • portrait-tablet-and-above
  • above-portrait-tablet
  • landscape-tablet-and-above
  • landscape-tablet-and-medium-wide-browser
  • portrait-tablet-and-below
  • landscape-tablet-and-below