March 27, 2019 / 11:42 PM / in 7 months

Onyx defende pacificação em meio a atritos entre Bolsonaro e Maia

Ministro-chefe da Casa Civil, Onyx Lorenzoni. 14/11/2018. REUTERS/Adriano Machado

BRASÍLIA (Reuters) - Em meio à turbulenta relação do Executivo com o Legislativo nas últimas semanas, o ministro da Casa Civil, Onyx Lorenzoni (DEM-RS), defendeu nesta quarta-feira uma pacificação.

“Essa é a semana de buscar a pacificação e o entendimento, e a partir da semana que vem começar a construção positiva a favor do Brasil”, disse.

Na semana passada, troca de farpas entre o presidente Jair Bolsonaro e o presidente da Câmara dos Deputados, Rodrigo Maia (DEM-RJ), que teve mais um capítulo nesta quarta, estremeceu a articulação do governo.

Lorenzoni falou a jornalistas ao sair de reunião com líderes do Senado Federal, fato que agora deverá se repetir todos os meses, segundo ele.

Referindo-se ao embate entre Bolsonaro e Maia, o ministro afirmou que “colocações pontuais ainda fazem parte desse processo, mas nós estamos na fase do apaziguamento”.

Mais cedo, Onyx reconheceu que houve erros na articulação do governo e afirmou que Bolsonaro intensificaria sua agenda com presidentes de partidos após voltar da viagem a Israel.

Já estavam anunciados encontros o presidente do PRB, Marcos Pereira, e com o presidente do DEM, ACM Neto. Lorenzoni anunciou reuniões também com PSDB, MDB e PP para semana que vem.

Por Mateus Maia

0 : 0
  • narrow-browser-and-phone
  • medium-browser-and-portrait-tablet
  • landscape-tablet
  • medium-wide-browser
  • wide-browser-and-larger
  • medium-browser-and-landscape-tablet
  • medium-wide-browser-and-larger
  • above-phone
  • portrait-tablet-and-above
  • above-portrait-tablet
  • landscape-tablet-and-above
  • landscape-tablet-and-medium-wide-browser
  • portrait-tablet-and-below
  • landscape-tablet-and-below