June 19, 2019 / 10:18 PM / 2 months ago

Votação da Previdência pode ter início logo após fim da discussão, diz presidente da comissão

BRASÍLIA (Reuters) - O presidente da comissão especial da reforma da Previdência, deputado Marcelo Ramos (PL-AM), afirmou nesta quarta-feira que a discussão da proposta deve se encerrar nas próximas reuniões do colegiados e que sua votação deve ter início em seguida.

Deputado Marcelo Ramos 25/04/2019 REUTERS/Adriano Machado

Como parte do acordo de procedimento fechado com a oposição, Ramos evitou definir uma data para a votação, mas lembrou que trabalha com o horizonte do presidente da Câmara, Rodrigo Maia (DEM-RJ), de concluir a tramitação na comissão ainda em junho, de forma a permitir a votação em plenário da Proposta de Emenda à Constituição (PEC) da reforma no início de julho.

“Eu não quero especular com data, mas há um esforço, uma indicação do presidente Rodrigo Maia de encerrar os trabalhos na comissão em junho para iniciar a votação no plenário em julho. Essa é a nossa meta, nós estamos perseguindo ela”, disse a jornalistas o presidente da comissão especial.

“Eu acredito que a gente consiga no decorrer das próximas sessões encerrar os debates. E encerrou o debate, ato contínuo, inicia a votação”, afirmou.

Mais de 150 deputados se inscreveram na comissão para debater a proposta. Na terça-feira, 50 deles discursaram, além da fala de 13 líderes, que podem pedir a palavra a cada reunião por tempo proporcional às suas bancadas.  Nesta quarta, mais 19 deputados usaram a palavra a favor e contra a reforma.

Restam ainda 77 oradores inscritos, mas Ramos calcula que muitos deles podem não estar presentes na próxima reunião da comissão, prevista para a manhã da terça-feira.

“Nós vamos iniciar na terça-feira pela manhã cedo. Isso deve fazer com que algumas inscrições caiam, porque muita gente não chega aqui na terça e com certeza isso vai ser um dos elementos para agilizar o debate”, avaliou.

Outro fator que pode reduzir o quórum —e consequentemente o número de falas na comissão— diz respeito às festas juninas. Parlamentares do Nordeste costumam prestigiar as festividades, muito significativas em suas bases,  principalmente no dia de São João, na próxima segunda-feira.

Ramos considerou ainda que o parecer construído pelo relator, deputado Samuel Moreira (PSDB-SP), conta com um “apoio tranquilo” na comissão, embora tenha evitado arriscar um placar. Acrescentou ainda que eventuais ajustes ainda podem ser feitos em um voto complementar.

“Acho que a partir daí já tem uma maioria tranquila na comissão.”

Reportagem de Maria Carolina Marcello

0 : 0
  • narrow-browser-and-phone
  • medium-browser-and-portrait-tablet
  • landscape-tablet
  • medium-wide-browser
  • wide-browser-and-larger
  • medium-browser-and-landscape-tablet
  • medium-wide-browser-and-larger
  • above-phone
  • portrait-tablet-and-above
  • above-portrait-tablet
  • landscape-tablet-and-above
  • landscape-tablet-and-medium-wide-browser
  • portrait-tablet-and-below
  • landscape-tablet-and-below