June 21, 2019 / 3:06 PM / 6 months ago

Bolsonaro admite problemas em articulação política, mas diz que Onyx está fortalecido

BRASÍLIA (Reuters) - O presidente Jair Bolsonaro admitiu nesta sexta-feira que o governo tinha problemas na articulação política, mas fez questão de dizer que o ministro da Casa Civil, Onyx Lorenzoni, está fortalecido.

Presidente Jair Bolsonaro conversa com ministro Onyx Lorenzoni 20/05/2019 REUTERS/Adriano Machado

“Não há previsão de mudar mais ninguém, tínhamos problemas na articulação política em parte sim”, disse, em entrevista coletiva no Palácio do Planalto.

Nesta semana, o governo editou uma nova medida provisória na qual transferiu a articulação política da Casa Civil para a Secretaria de Governo.

Bolsonaro disse que o general Luiz Eduardo Ramos, que está assumindo a Secretaria de Governo no lugar do general Carlos Alberto Santos Cruz, “é uma pessoa perfeitamente qualificada em ter um melhor relacionamento com o Parlamento brasileiro”.

O presidente disse que o general Ramos, que é seu amigo desde 1973, teve uma passagem em assessoria parlamentar por dois anos e vasta experiência em outras áreas.

Bolsonaro disse que há três ministérios no Planalto —Secretaria de Governo, Casa Civil e Secretaria-Geral da Presidência— que são “fusíveis”. “Para evitar queimar o presidente, eles se queimam”, avaliou.

Para o presidente, a função que Onyx Lorenzoni vinha desempenhando é a “mais complicada”. Ele disse que foi decidido passar a articulação política para a Secretaria de Governo e repassar o Programa de Parcerias e Investimentos (PPI) para a Casa Civil.

“Ele está fortalecido no meu entender, aqui não tem ministro fraco ou forte, todo mundo tem que jogar junto nesse time”, disse.

O presidente disse que o Onyx continuará o seu trabalho e afirmou que, em grande parte, vai retornar a estrutura de governo anterior.

O presidente disse que não levará adiante a proposta feita há meses de criação de um Conselho de Articulação Política, que teria a participação de dirigentes partidários e poderia ajudar na construção de uma base aliada no Congresso.

“Natimorto, não deu certo e vimos que depois do anúncio não ia dar certo e ia apenas burocratizar”, disse.

Reportagem de Ricardo Brito

0 : 0
  • narrow-browser-and-phone
  • medium-browser-and-portrait-tablet
  • landscape-tablet
  • medium-wide-browser
  • wide-browser-and-larger
  • medium-browser-and-landscape-tablet
  • medium-wide-browser-and-larger
  • above-phone
  • portrait-tablet-and-above
  • above-portrait-tablet
  • landscape-tablet-and-above
  • landscape-tablet-and-medium-wide-browser
  • portrait-tablet-and-below
  • landscape-tablet-and-below