for-phone-onlyfor-tablet-portrait-upfor-tablet-landscape-upfor-desktop-upfor-wide-desktop-up
Nacional

Primeira-dama Michelle Bolsonaro anuncia que não está mais com Covid-19

Primeira-dama Michelle Bolsonaro durante cerimônia no Palácio do Planalto 06/03/2020 REUTERS/Adriano Machado

BRASÍLIA (Reuters) - A primeira-dama Michelle Bolsonaro divulgou neste domingo em uma rede social que o resultado para detecção do novo coronavírus foi “negativo”, duas semanas após a Secretaria Especial de Comunicação da Presidência ter revelado que ela estava com a Covid-19.

“Exame negativo. Obrigado pelas orações e por todas as manifestações de carinho”, disse a primeira-dama, ao publicar uma imagem de um laudo laboratorial com os dizeres “não detectado”.

Na época da infecção, no dia 30 de julho, a Secom disse que Michelle Bolsonaro apresentava “bom estado de saúde e seguirá todos os protocolos estabelecidos”. “A primeira-dama está sendo acompanhada pela equipe médica da Presidência da República”, informou a secretaria em nota na ocasião.

O contágio de Michelle por Covid-19 ocorreu dias após o presidente Jair Bolsonaro ter anunciado que havia ficado livre da infecção. O presidente passou o mês de julho em isolamento social e alardeou ter sido curado após tomar hidroxicloroquina --medicamento usado no tratamento de malária e de doenças autoimunes, mas que não tem eficácia cientificamente comprovada para o tratamento da Covid-19.

No sábado, a segunda ex-mulher de Bolsonaro, Ana Cristina Siqueira Valle, divulgou em sua conta no Instagram que o quarto filho do presidente, Jair Renan Bolsonaro, foi infectado pela Covid-19.

Ao todo, oito ministros do governo contraíram a Covid-19. O Brasil é o segundo país em número de infectados --mais de 3 milhões-- e de mortos --mais de 107 mil-- pelo coronavírus, atrás apenas dos Estados Unidos.

for-phone-onlyfor-tablet-portrait-upfor-tablet-landscape-upfor-desktop-upfor-wide-desktop-up