for-phone-onlyfor-tablet-portrait-upfor-tablet-landscape-upfor-desktop-upfor-wide-desktop-up
Nacional

Decano Celso de Mello se licencia do STF para procedimento cirúrgico

Ministro Celso de Mello durante sessão do STF 01/02/2017 REUTERS/Adriano Machado

BRASÍLIA (Reuters) - O decano do Supremo Tribunal Federal (STF), Celso de Mello, pediu licença de suas atividades na corte para ser submetido a um procedimento cirúrgico, informou o gabinete do ministro nesta quarta-feira.

Um dos mais respeitados do Supremo, o ministro é relator de um caso vital para o governo do presidente Jair Bolsonaro: o inquérito em que o presidente é investigado por ter, segundo acusação do ex-ministro da Justiça Sergio Moro, tentado interferir na Polícia Federal.

“O ministro Celso de Mello necessitou pedir licença médica, a quarta licença em 52 anos de serviço público, para realizar um pequeno procedimento cirúrgico”, informou o gabinete em nota.

No início de agosto, o gabinete do magistrado já havia informado que o ministro realizava exames médicos e poderia passar por uma nova cirurgia.

O decano, que se aposenta do STF em novembro, quando completará 75 anos, fez uma cirurgia em janeiro no quadril no Hospital Sírio Libanês, na capital paulista. Durante a pandemia do novo coronavírus, tem trabalhado de casa em São Paulo, participando de julgamentos virtualmente.

for-phone-onlyfor-tablet-portrait-upfor-tablet-landscape-upfor-desktop-upfor-wide-desktop-up