16 de Dezembro de 2015 / às 14:51 / em 2 anos

A Força desperta com jornada para recuperar Skywalker desaparecido

LOS ANGELES (Reuters) - Enquanto a Disney retoma esta semana a franquia de sucesso “Star Wars” com “O Despertar da Força”, a ausência de Luke Skywalker na divulgação do filme tem sido objeto de muita especulação, e por um bom motivo: Luke Skywalker desapareceu.

Fãs de Star Wars posam com fantasias ligadas à série em frente de cinema em Paris. 16/12/2015 REUTERS/Jacky Naegelen

Então, “O Despertar da Força” começa com um texto agora icônico informando o público que Skywalker (interpretado por Mark Hamill) desapareceu depois de treinar soldados Jedi. A Primeira Ordem, um novo exército do mal inspirado no Império Galáctico, está a postos para encontrá-lo e destruí-lo, enquanto a Resistência, liderada pela general Leia Organa - anteriormente conhecida como Princesa Leia – espera ser a primeira a encontrá-lo.

“Star Wars”, criada pelo cineasta George Lucas, está situado num mundo intergaláctico onde a Força, um campo de energia extraída do universo, pode ser usada para o lado da luz pelos combatentes heróicos Jedi, que lutam para manter a paz, ou pelo lado obscuro dos Senhores Sombrios de Sith que querem o controle das galáxias.

O enredo fortemente guardado de “O Despertar da Força”, coescrito e dirigido por JJ Abrams, se concentra na busca empreendida por Rey (Daisy Ridley) de sua família perdida e o desejo do stormtrooper trapaceiro Finn (John Boyega) de escapar de seu passado.

“O Despertar da Força”, o primeiro de três novos filmes “Star Wars” produzidos pela Disney, que comprou a franquia em 2012 de Lucas por 4 bilhões de dólares, tem lugar 30 anos depois de “O Retorno de Jedi”, de 1983, que viu a Princesa Leia (Carrie Fisher), o aventureiro Han Solo (Harrison Ford) e o piloto rebelde Luke Skywalker derrotarem o arquivilão Darth Vader.

Uma segunda trilogia de filmes feita entre 1999 e 2005 teve como foco as origens de Vader.

“O Despertar da Força” estreia com novo droid BB-8 no planeta deserto Jakku com o lutador da Resistência Poe Dameron (Oscar Isaac), que esconde um pedaço de um mapa, levando a Skywalker, dentro do BB-8.

Eles são atacados por stormtroopers da Primeira Ordem liderados por um vilão, mascarado – e, às vezes, petulante –, Kylo Ren. O stormtrooper Finn decide se rebelar e acabar com Dameron.

Enquanto isso Rey – que não é, como se especulava, a filha de Han Solo e da Princesa Leia, mas tem uma forte ligação com a Força – salva BB-8 e se alia a Finn para levar o droid de volta para a sede da Resistência em nada menos do que a enferrujada, porém confiável, nave Millennium Falcon, de Solo.

Com Rey e Finn fixados como os novos líderes da série, eles embarcam em uma jornada que encontra tanto personagens antigos como novos, muitas vezes com referências sutis ao passado.

“Star Wars Episódio VII – O Despertar da Força” estreia em salas de cinema em todo o mundo na noite desta quarta-feira.

0 : 0
  • narrow-browser-and-phone
  • medium-browser-and-portrait-tablet
  • landscape-tablet
  • medium-wide-browser
  • wide-browser-and-larger
  • medium-browser-and-landscape-tablet
  • medium-wide-browser-and-larger
  • above-phone
  • portrait-tablet-and-above
  • above-portrait-tablet
  • landscape-tablet-and-above
  • landscape-tablet-and-medium-wide-browser
  • portrait-tablet-and-below
  • landscape-tablet-and-below