October 31, 2016 / 4:46 PM / 2 years ago

Mulheres sobreviventes do Holocausto desfilam em concurso de beleza em Israel

HAIFA (Reuters) - Com cabelo arrumado e maquiadas, idosas percorrem cuidadosamente o tapete vermelho, acenando, mandando beijos e posando para fotos diante de espectadores animados.

Sobrevivente do Holocausto Carmela Ben Yehuda, de 89 anos, dança ao lado de outras senhoras em concurso de beleza realizado em Haifa, em Israel. 30/10/2016 REUTERS/Amir Cohen

Usando vestidos adornados com faixas, as mulheres desfilam, às vezes auxiliadas, na passarela do quarto concurso de beleza de sobreviventes do Holocausto, uma competição realizada por Israel para homenagear as pessoas que testemunharam os horrores da Segunda Guerra Mundial quando eram jovens.

Quatorze idosas participaram do evento deste ano, que ocorreu em Haifa, cidade do norte do país, no domingo.

“Esta noite estamos deixando que algumas mulheres que sobreviveram ao Holocausto tenham algo que lhes foi roubado na juventude”, disse David Parsons, da Embaixada Cristã Internacional em Jerusalém, uma patrocinadora do grupo Helping Hand, que organizou o acontecimento. “Queremos lhes dar algo em troca, esta noite é para elas curtirem”.

Exibindo-se ao som de canções como “Pretty Woman”, as participantes incluíram Malka Gorka, de 73 anos, que nasceu na Alemanha e foi para Israel em 1948 com os pais, e a húngara Carmela Ben Yehuda, de 89 anos, que chegou à Palestina ainda administrada pelos britânicos em 1945 depois de sobreviver ao campo de extermínio nazista de Auschwitz.

Os juízes escolheram como vencedora a russa Anna Grinis, de 75 anos, que tinha dois dias de vida quando a guerra começou.

“Quando minha mãe era viva, sempre me contava sobre este período, (quando) fugimos de Moscou... e não havia nada para comer lá. Mal sobrevivemos”, disse.

Alguns comentaristas e sobreviventes já disseram que o evento vulgariza a lembrança do Holocausto, no qual seis milhões de judeus foram mortos pelos nazistas. Eles argumentam que um concurso de beleza é uma maneira superficial de reconhecer os sofrimentos que as mulheres passaram no começo de suas vidas, e observam que poderia muito bem incluir homens.

0 : 0
  • narrow-browser-and-phone
  • medium-browser-and-portrait-tablet
  • landscape-tablet
  • medium-wide-browser
  • wide-browser-and-larger
  • medium-browser-and-landscape-tablet
  • medium-wide-browser-and-larger
  • above-phone
  • portrait-tablet-and-above
  • above-portrait-tablet
  • landscape-tablet-and-above
  • landscape-tablet-and-medium-wide-browser
  • portrait-tablet-and-below
  • landscape-tablet-and-below