February 24, 2017 / 7:58 PM / a year ago

Orlando Bloom expressa pesar por sofrimento de crianças na região do Lago Chade

LONDRES (Thomson Reuters Foundation) - O ator Orlando Bloom, que atuou nos filmes “Piratas do Caribe” e “Senhor dos Anéis”, disse nesta sexta-feira que é difícil conceber a escala do sofrimento na região africana do Lago Chade depois de visitar algumas das crianças desabrigadas por anos de conflito.

Ator Orlando Bloom em evento do Unicef em Nova York. 12/12/2016. REUTERS/Andrew Kelly

A insurgência do grupo islâmico militante Boko Haram causou o deslocamento de 2,3 milhões de pessoas através das terras pantanosas do Lago Chade, onde as fronteiras de Chade, Camarões, Níger e Nigéria se encontram, e prejudicou a subsistência de centenas de milhares mais.

De acordo com a Organização das Nações Unidas (ONU), cerca de 10,7 milhões de pessoas do nordeste nigeriano e dos arredores do Lago Chade – aproximadamente duas de cada três pessoas – precisam de ajuda humanitária, e mais de 7 milhões correm risco de passar fome.

Bloom, que é embaixador da Boa Vontade do Fundo das Nações Unidas para a Infância (Unicef), viajou a Diffa, no sudeste do Níger, para conhecer algumas das 1,3 milhão de crianças desabrigadas pelo que a ONU afirma ser uma das crises de deslocamento de mais rápido crescimento na

África.

“Como pai, é difícil para mim imaginar quantas destas crianças são presas deste conflito”, disse o ator britânico de 40 anos em um comunicado.

“Durante minha viagem, ouvi histórias pavorosas sobre crianças fugindo a pé, deixando tudo para trás, incluindo a segurança de seus lares e suas salas de aula”.

    “É extremamente difícil compreender esta situação quando você não está aqui. Vi a profundidade da dor e do sofrimento que estes garotos estão passando. Isto é algo que nenhuma criança deveria vivenciar”, completou.

Até um milhão de pessoas tiveram seu acesso à ajuda humanitária interrompido por militantes do Boko Haram, apesar de uma ofensiva militar regional contra a facção.

Também nesta sexta-feira, doadores internacionais presentes a uma conferência em Oslo prometeram 672 milhões de dólares em novas doações para a região do Lago Chade no decorrer dos próximos três anos, sendo 457 milhões em 2017.

    A ONU diz precisar de 1,5 bilhão de dólares em ajuda humanitária para a região neste ano.

0 : 0
  • narrow-browser-and-phone
  • medium-browser-and-portrait-tablet
  • landscape-tablet
  • medium-wide-browser
  • wide-browser-and-larger
  • medium-browser-and-landscape-tablet
  • medium-wide-browser-and-larger
  • above-phone
  • portrait-tablet-and-above
  • above-portrait-tablet
  • landscape-tablet-and-above
  • landscape-tablet-and-medium-wide-browser
  • portrait-tablet-and-below
  • landscape-tablet-and-below