May 23, 2017 / 4:03 PM / a year ago

Estrelas de Manchester e do mundo todo expressam comoção após ataque em show de Ariana Grande

LONDRES (Reuters) - Celebridades usaram as redes sociais para expressar a tristeza e o choque após o atentado a bomba em Manchester que matou ao menos 22 pessoas.

Festival de Cannes faz 1 minuto de silêncio em homenagem a vítimas de ataque em Manchester 23/05/2017 REUTERS/Eric Gaillard

O ataque ocorreu na noite de segunda-feira no hall de entrada do estádio onde a cantora norte-americana Ariana Grande tinha acabado de realizar um show. Muitos dos que estavam presentes eram adolescentes e crianças.

A estrela pop australiana Kylie Minogue postou no Twitter que estava de “coração absolutamente partido por Manchester”, enquanto a cantora norte-americana Cher ofereceu suas orações pela cidade, dizendo que “teve momentos especiais lá desde a juventude e além”.

Ícones da cena musical de Manchester também foram rápidos em expressar tristeza. O ex-líder da banda Oasis, Liam Gallagher, tuitou que estava “em estado de choque total e absolutamente devastado”.

Johnny Marr, ex-guitarrista da banda The Smiths, escreveu que a cidade “permanece unida”, enquanto Dave Haslam, ex-DJ da legendária mas agora extinta discoteca Hacienda, escreveu: “Você atacou a cidade errada, se pensa que o ódio irá nos separar”.

Muitos artistas além do outro lado do Atlântico, incluindo alguns amigos e colegas de Ariana, também recorreram às redes sociais.

A cantora Selena Gomez tuitou que seus “pensamentos e orações estão com os afetados pelo ataque”, enquanto a cantora Kate Perry postou que estava de “coração partido pelas famílias nesta noite. De coração partido por Ari. Coração partido pelo estado desse mundo”.

Outros artistas norte-americanos, incluindo Taylor Swift, Justin Timberlake, Missy Elliott, Pink e Bruno Mars também expressaram solidariedade.

Também entraram em cena os jogadores das duas equipes de Manchester, Manchester United e Manchester City. Wayne Rooney, atacante da Inglaterra e do Manchester United, disse que a notícia do ataque foi “devastadora”, enquanto o meia do Manchester City, Yaya Toure, o classificou como “terrível”.

Por Mark Hanrahan, em Londres 

0 : 0
  • narrow-browser-and-phone
  • medium-browser-and-portrait-tablet
  • landscape-tablet
  • medium-wide-browser
  • wide-browser-and-larger
  • medium-browser-and-landscape-tablet
  • medium-wide-browser-and-larger
  • above-phone
  • portrait-tablet-and-above
  • above-portrait-tablet
  • landscape-tablet-and-above
  • landscape-tablet-and-medium-wide-browser
  • portrait-tablet-and-below
  • landscape-tablet-and-below