May 25, 2017 / 3:01 PM / in a year

Atrizes mirins de filme de Willem Dafoe partem corações em Cannes

CANNES, França (Reuters) - Não houve uma pessoa sequer que não tenha chorado no fim da exibição de “The Florida Project” no festival de Cannes, quando as duas estrelas do filme, que não tinham mais de 6 anos quando gravaram o longa, foram ovacionadas na estreia e enxugaram as lágrimas uma da outra.

Poster oficial do Festival de Cinema de Cannes. 21/05/2017 REUTERS/Regis Duvignau

A pequena Brooklynn Kimberly Prince interpreta Moone, que vive com sua mãe solteira no Castelo Mágico, um hotel que fica no lado pobre de Orlando, construído para turistas com pouco dinheiro, mas que agora abriga famílias sem casa.

Com Willem Dafoe como o gerente do hotel, no que o jornal The Guardian chamou de “uma das melhores performances de toda a sua carreira”, o filme mostra a alegria da infância sobrevivendo a intensas dificuldades econômicas e ao futuro incerto da família.

Após o final doloroso do filme, Brooklynn, que agora tem 7 anos, e sua co-protagonista Valeria Cotto, de 6, dividiram um lenço em meio a aplausos.

“Eu acho que foi incrível”, disse Brooklynn sobre a estreia em Cannes, onde viu o filme pela primeira vez.

O Hollywood Reporter descreveu “The Florida Project” como uma “retrato vibrante da vida nas periferias mais pobres dos Estados Unidos”. “É difícil relembrar outro filme sobre pobreza com tanto visual pop”.

0 : 0
  • narrow-browser-and-phone
  • medium-browser-and-portrait-tablet
  • landscape-tablet
  • medium-wide-browser
  • wide-browser-and-larger
  • medium-browser-and-landscape-tablet
  • medium-wide-browser-and-larger
  • above-phone
  • portrait-tablet-and-above
  • above-portrait-tablet
  • landscape-tablet-and-above
  • landscape-tablet-and-medium-wide-browser
  • portrait-tablet-and-below
  • landscape-tablet-and-below