July 7, 2017 / 2:00 PM / a year ago

Minha fé muçulmana reflete a paz, diz músico indiano vencedor de Oscar e Grammy

LONDRES (Reuters) - O músico indiano A. R. Rahman, que já ganhou prêmios do Oscar e do Grammy, disse que suas crenças religiosas ajudaram a definir e moldar sua carreira, no momento em que comemora 25 anos na indústria musical.

Músico indiano A. R. Rahman, durante premiação em Cingapura. 09/06/2012 REUTERS/Tim Chong

Rahman, que se converteu ao islamismo quando estava na casa dos 20 anos, está em Londres com um show chamado “Yesterday, Today and Tomorrow”.

Ele disse à Reuters, em uma entrevista concedida na quinta-feira, que sua interpretação da fé muçulmana significa viver uma vida simples e na qual a humildade é fundamental.       

“O islã é um oceano, sabe, ele tem seitas diferentes. Mais de 70. Então eu sigo o tipo de filosofia sufi, que diz respeito ao amor”, disse Rahman. “Sou o que sou por causa da filosofia que estou seguindo, que minha família está seguindo. E, é claro, muitas coisas estão acontecendo e sinto que é principalmente político”.

Calcado no folclore, na poesia e na espiritualidade, o sufismo é uma forma de islamismo não-violenta baseada em rituais hipnóticos e que reflete o lado místico da religião.

O artista de 50 anos de idade, que ganhou dois Oscars, dois Grammys e um Globo de Ouro, já compôs mais de 160 trilhas sonoras, entre elas a de “Quem Quer Ser Um Milionário?”, vencedor do Oscar de melhor filme em 2009, e de filmes de Bollywood como “Lagaan” e “Taal”.

Ele canta, compõe músicas e toca instrumentos e já trabalhou com artistas globais como Mick Jagger, Sarah Brightman e Pussycat Dolls.

Rahman disse que sua nova turnê, que estreia em Londres no sábado, levará seus fãs em uma jornada através de sua música pelo último quarto de século.

O músico, que tem uma presença forte no palco, disse que ainda tem mais a conquistar e que espera que a música ajude a unir as pessoas.

“Se você pegar uma orquestra, você tem os carentes e os privilegiados tocando juntos. Temos raças diferentes tocando juntas. Temos religiões diferentes tocando juntas. Mas um som é produzido”, disse. “Você trabalha rumo a uma harmonia”.

0 : 0
  • narrow-browser-and-phone
  • medium-browser-and-portrait-tablet
  • landscape-tablet
  • medium-wide-browser
  • wide-browser-and-larger
  • medium-browser-and-landscape-tablet
  • medium-wide-browser-and-larger
  • above-phone
  • portrait-tablet-and-above
  • above-portrait-tablet
  • landscape-tablet-and-above
  • landscape-tablet-and-medium-wide-browser
  • portrait-tablet-and-below
  • landscape-tablet-and-below